conecte-se conosco

Norte Pioneiro

PRO TORK INVESTE EM ENERGIA SOLAR NOS POSTOS DE COMBUSTÍVEIS

Publicado

NPdiário

A energia solar fotovoltaica é a energia elétrica produzida a partir de luz solar, e pode ser produzida até mesmo quando o sol não aparece, como em dias chuvosos e nublados. Quanto maior for a radiação solar maior será a quantidade de eletricidade produzida. O processo de conversão da incidência solar em energia solar fotovoltaica utiliza células fotovoltaicas, feitas de um material semicondutor. Com esses pressupostos, o grupo Pro Tork está investindo nesse segmento nos postos de combustíveis que mantém na região. O primeiro a ter instalado o equipamento é o Cristo Rei (fotos), no KM 303 da PR-092, em Siqueira Campos.
Os próximos serão o Santa Rita, localizado no KM 38 da BR-153, em Santo Antônio da Platina, e no Cristo Rei II, no KM 293 também da PR-092

A energia solar fotovoltaica gera energia em corrente contínua 

A energia solar fotovoltaica é uma energia 100% limpa, e ao contrário da hidrelétrica, não prejudica a fauna e a flora brasileira. Também é limpa por não produzir impacto ambiental com a emissão de gases tóxicos gerados a partir da queima de combustíveis fósseis, que causa o efeito estufa e causam o aquecimento global.

Leia mais:  SANDRO ALEX ANUNCIA MILHÕES DE REAIS PARA NORTE PIONEIRO

O diretor-presidente da Pro Tork, Marlon Bonilha (foto), disse que a energia solar já não é mais coisa do futuro e sim do presente.

“Já aplicamos essa tecnologia em um dos nossos postos na cidade de Siqueira Campos e temos como objetivo, instalar em todos os postos do grupo, bem como em todas fábricas da empresa, gerando uma energia limpa de até cinco megawats, colaborando com o nosso meio ambiente e,também, gerando uma economia financeira que poderá ser revertida na geração de mais empregos em nossa região”, assinalou.

Um painel de energia solar fotovoltaica feito primeiramente por uma moldura de alumínio, seguido de uma camada de um vidro especial, posteriormente por uma película de borracha  e, por fim, uma caixa de junção.Primeiro o painel solar reage com a luz do Sol e produz energia, fotovoltaica, elétrica. Os painéis solares que estão instalados no telhado do imóvel ou no chão, são conectados uns aos outros e, depois, conectados ao Inversor Solar.

Então, o Inversor Solar converte as correntes da energia solar dos painéis fotovoltaicos em energia elétrica tradicional para ser utilizada no imóvel, com TVs, Computadores, Eletrodomésticos e quaisquer outros equipamentos elétricos.

Leia mais:  FESTA JUNINA EM RIBEIRÃO DO PINHAL TEM RECORDE DE PÚBLICO

A energia é distribuída pelo imóvel utilizando a fiação já existente, não sendo necessário a instalação O excesso de eletricidade produzido pelos painéis solares de energia fotovoltaica volta para a rede elétrica através do relógio de luz. Essa energia solar que vai para a rede vira “créditos de energias”, e é recomendado consultar a distribuidora de energia que fornece a luz para o imóvel.

Há muitas vantagens na utilização da energia solar fotovoltaica:

Redução dos custos de energia;
Geração de emprego, para cada megawatt instalados, são gerados de 25 a 30 postos de emprego;
Bom custo benefício;
Valorização do imóvel;

Redução do impacto ambiental;

Redução do impacto ambiental;

As centrais de painéis solares necessitam de manutenção mínima.
Em países tropicais, como o Brasil, a utilização da energia solar é viável em praticamente todo o território, e nos locais longe dos centros de produção energética sua utilização ajuda a reduzir a perda de energia que ocorreria na transmissão.

Comentários Facebook

Norte Pioneiro

Cartão Comida Boa’ está sendo entregue para mais de 3.700 beneficiados em Bandeirantes

Publicado

Através das secretarias municipais de Ação Social e da Educação e Cultura, a Prefeitura de Bandeirantes passou a entregar desde quinta-feira (14) passada os mais de 3.700 cartões aos beneficiados do programa estadual ‘Comida Boa’. O sistema de distribuição está sendo realizado conforme mês de nascimento do cidadão. No dia 14, as pessoas que nasceram nos meses de janeiro a abril retiraram os cartões. No dia 15 (sexta-feira), foi a vez dos nascidos entre os meses de maio a agosto. E no dia 18 (próxima segunda-feira) são as pessoas cujo nascimento entre os meses de setembro a dezembro. Aqueles que não conseguirem retirar os cartões nos referidos dias, uma nova data deverá ser estudada e marcada para realizar a entrega.

Segundo a secretária de Ação Social, Maria de Fátima Rego Oliveira, o auxílio emergencial prevê o repasse de até três parcelas mensais de R$ 50 para compra exclusiva de alimentos para famílias do CadÚnico (Cadastro Único) que estão enfrentando dificuldades financeiras por conta da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). “A pedido do nosso prefeito Lino Martins, uma força tarefa foi organizada para atender a demanda”, comentou. A Secretaria da Educação e Cultura também está trabalhando no apoio e suporte na rede de atendimento à população beneficiada para a distribuição dos mais de 3.700 cartões. “É preciso apresentar RG ou documento com foto e também o CPF. O cartão Comida Boa funcionará como um voucher, por meio de QR Code, por isso existe a necessidade da apresentação dos documentos”, enfatizou Valquíria.

Leia mais:  QUATIGUÁ TEM DIA NACIONAL DE COMBATE AO FEMINICÍDIO

As secretárias de Ação Social e da Educação reforçaram às pessoas para procurarem as localidades mais próximas das suas residências ou àquelas com menor fluxo de transeuntes. “É um período que não pode haver aglomerações, se isso ocorrer, vamos ter que interromper o atendimento. E R$ 50 é um valor importante, é valor de uma cesta básica. Mas também temos a responsabilidade com a saúde e com a vida para evitar a propagação do Coronavirus”, alertaram.

O horário de atendimento acontece das 08h às 11h e das 13h às 17h.
Os locais de atendimento são: CMEI Dr Bezerra de Menezes, CMEI Paulo Meneghel; CREAS Jardim Yara; Escolas Municipais: Maria de Lourdes Guedes Mendes, Maria Inês Speer Faria, Prefeito Moacyr Castanho, Santa Terezinha, Yukiti Matida; Igreja Comunidade Pão da Vida; e Praça Brasil/Japão.

O cartão do programa ‘Comida Boa’ é para ser utilizado na compra exclusiva de alimentos em supermercados, mercadinhos, padarias, açougues, entre outros estabelecimentos do gênero cadastrados no site cartaocomidaboa.pr.governo.br.

Em Bandeirantes, até o momento estão cadastrados: Mercearia do Serginho, Ueda Supermercados, Cidade Canção, Mercado Guaíra, Mercado Frama, Vale Supermercado, Molinis Supermercados, Mega10, Mercado Paraíso, Mercado União, Panificadora Shekinah, Supermercado Superbom, Supermercado e Padaria da Vovó, Mercado São Francisco.

Leia mais:  ZEZÃO ANUNCIA NOVO FÓRUM EM SANTO ANTÔNIO DA PLATINA

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana