conecte-se conosco

Esportes

Palmeiras vira doatlético-GO em casa

Publicado

No exato dia do 23° aniversário da primeira Libertadores conquistada pelo Verdão (16/06/1999), o atual bicampeão da América (2020-21) goleou por 4 a 2 o Atlético-GO na noite desta quinta-feira, no Allianz Parque, pela 12ª rodada do Nacional, aumento sua vantagem na liderança do certame (25 pontos, contra 22 do Corinthians) e ainda emplacou o 18° jogo seguido sem conhecer derrota por qualquer competição – só no Nacional, são 11 duelos.

Clique aqui para ver a ficha técnica, estatísticas e tudo sobre o jogo!

O fato impressionante é que o Alviverde saiu atrás do marcador aos 28 minutos de jogo, em gol contra do zagueiro Luan em um lance de puro azar e, após uma sequência equilibrada taticamente em campo, o Verdão deslanchou a fazer gols ainda no fim do primeiro: balançou as redes quatro vezes em sete minutos! Com Zé Rafael, aos 40, Gustavo Gómez, aos 42; Gustavo Scarpa, aos 43; e outra vez Gómez, aos 47. O Dragão diminuiu aos 32 do segundo tempo com o atacante Churín, mas pouco conseguiu desenvolver após isso.

Como mandante, o Palmeiras não perde agora há dez jogos, acumulando oito vitórias e dois empates – isso considerando jogos que tenha disputado como mandante por quaisquer competições, inclusive duas partidas na Arena Barueri. No geral da temporada, o Verdão chegou ao seu 21° jogo como mandante e soma 18 vitórias, dois empates e uma única derrota.

Somente em sua casa, no Allianz Parque, o Palmeiras vem fazendo da temporada 2022 a mais vitoriosa da história da Arena (inaugurada em 2014) em termos de aproveitamento: 90%. O Verdão venceu 16 dos 19 jogos que disputou na arena neste ano (foi superado apenas pelo Ceará no Brasileirão, por 3 a 2), marcou 46 gols e sofreu apenas 10. O segundo melhor aproveitamento de pontos em uma temporada na arena é de 76%, em 2019 (18 vitórias e cinco empates em 26 jogos).

Essa é também a temporada do Allianz em que o time registrou o maior percentual de vitórias em comparação aos outros anos: 86% em sua arena na temporada (16 triunfos em 19 jogos), seguido de 2017 e de 2019, empatadas com 69% de vitórias – em 2017, registrou 20 triunfos dos 29 disputados; e em 2019, foram 18 vitórias dos 26 duelos.

E se não bastasse, com apenas 10 gols sofridos em 19 duelos no Allianz neste ano, o Alviverde registra a baixa média de 0,52 gol sofrido por jogo em sua casa nesta temporada. Com isso, esse número registra a segunda menor média de gols sofridos por partida em uma temporada no Allianz, atrás só dos 0,46 gol sofrido por jogo em 2019 (foram 12 gols sofridos nas 26 partidas que o time disputou no Allianz Parque naquele ano).

Além disso, contra o adversário da vez, especificamente, o Palmeiras mantém a sina de nunca ter sidosuperado pelo Atlético-GO nos jogos que aconteceram em sua casa. Agora são cinco partidas no local, com quatro vitórias e um empate (10 gols marcados contra três que sofreu).

O primeiro destes embates aconteceu ainda na versão antiga da casa palmeirense, no Estádio Palestra Italia, em 2010 – vitória por 1 a 0 com gol de Cleiton Xavier pela Copa do Brasil daquele ano.Já ostrês encontros seguintes na casa esmeraldina já foram recebidos no formato de arena, e todos válidos pelo Brasileirão: em 2017 (vitória por 1 a 0, gol de Borja), em 2020 (empate em 1 a 1, gol de Viña) e em 2021 (goleada por 4 a 0 no encontro mais recente entre as equipes, com tentos de Raphael Veiga, Rony, Gustavo Scarpa e Breno Lopes).

Leia mais:  Corinthians é superado pelo São PauloCorinthians é superado pelo São Paulo no Morumbi e cai na semifinal do Paulistão 2022 no Morumbi e cai na semifinal do Paulistão 2022

Esta também foi a oitava vitória de virada do Verdão sob o comando de Abel: as outras foram em 23/04/2021 (Guarani 1×2 Palmeiras, no Brinco de Ouro da Princesa, pelo Campeonato Paulista); em 20/06/2021 (Palmeiras 2×1 América-MG, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro); em 27/06/2021 (Palmeiras 3×2 Bahia, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro); em 25/10/2021 (Palmeiras 2×1 Sport, no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro); em 31/10/2021 (Grêmio 1×3 Palmeiras, na Arena Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro); em 12/04/2022 (Palmeiras 8×1 Independiente Petrolero-BOL, no Allianz Parque, pela Libertadores); e em 30/04/2022 (Palmeiras 2×1 Juazeirense-BA, na Arena Barueri, pela Copa do Brasil).

ASPECTOS INDIVIDUAIS

Nos aspectos individuais, alguns jogadores puderam comorar feitos relevantes. Primeiro, Zé Rafael, que abriu caminho para a virada, no dia de seu aniversário. O camisa 8 e chegou ao seu sétimo gol na temporada.

Ao marcar duas vezes em cinco minutos, Gustavo Gómez foi a 22 gols, ultrapassando Bianco e Cléber (antigo quarto colocado) e se igualando a Vágner Bacharel na terceira posição. O líder dentre os zagueiros-artilheiros da história do Palmeiras é Luís Pereira, com 36 gols, seguido de Loschiavo, com 32.

Antes de Gómez, o último zagueiro a ter marcado duas vezes no mesmo jogo pelo Verdão foi Henrique, em 03/02/2013, no empate com o XV de Piracicaba por 3 a 3 fora de casa, pelo Campeonato Paulista. O outro do Alviverde neste duelo foi anotado por Márcio Araújo.

Scarpa foi outro destaque. Assim como Zé Rafael, o meia chegou ao seu sétimo gol na temporada, sendo o seu 38º tento pelo Verdão no geral – com isso, o camisa 14 passa se 8º para 7º do ranking na artilharia dos palmeirenses neste Século, ao lado de Diego Souza.

Por fim, noite mais do que especial também para o goleiro Weverton. Como jogador do Palmeiras, Weverton chegou ao seu 100º jogo na arena palmeirense inaugurada em 2014 e já é o terceiro com mais partidas no local, atrás só de Willian Bigode (108) e Dudu (159). O goleiro. Nas 100 partidas já disputadas não sofreu gol em 55 delas, acumulando 66 vitórias, 20 empates e 14 derrotas. Ao todo, foram 67 gols sofridos no local (média de 0,67 gol sofrido por partida).

Em número de vitórias, Weverton está perto do Top 3 dos mais bem colocados na arena. Atualmente, com seus 66 triunfos no local, ocupa a quarta colocação da lista e precisa vencer mais uma vez para igualar Willian Bigode (3º, com 67 triunfos); Felipe Melo (2º, com 70) e Dudu (líder no quesito, com 113 triunfos no Allianz) completam a lista.

Segundo com mais jogos do atual elenco (235, atrás só de Dudu, 367), Weverton já figura dentre os 10 goleiros que mais atuaram em toda história do Palmeiras, na 9ª posição.

O JOGO

Mesmo após tendo saído atrás no marcador na primeira etapa em gol contra de Luan, em puro lance de azar, quando acabou desviando contra a própria meta na tentativa de afastar um perigo iminente e acabou tirando as chances de Weverton intervir. (Palmeiras 0x1 Atlético-GO)

Leia mais:  Ituano vence o líder Bahia

Primeiro, com Zé Rafael, o aniversariante do dia, aos 40 minutos da etapa inicial. Ele aproveitou bola rolada de Gabriel Veron, após excepcional lançamento de Luan e, de primeira, com o pé esquerdo, bateu e a bola foi no cantinho do goleiro Ronaldo. (Palmeiras 1×1 Atlético-GO)

Logo em seguida, aos 42, Gustavo Scarpa cobrou escanteio, o zagueiro Luan novamente participou do lance do gol, desviando a bola no primeiro pau para Gustavo Gómez se esticar por completo para a virada palmeirense. (Palmeiras 2×1 Atlético-GO)

Após a saída de bola, o Palmeiras recuperou a posse e, no minuto seguinte, Veron entrou na área pela esquerda, rolando para o meio e deixando Gustavo Scarpa livre para chutar de primeira. (Palmeiras 3×1 Atlético-GO)

Curiosamente, já nos acréscimos, novamente Gustavo Gómez pontuou. Aos 47 minutos, em outra jogada iniciada com Scarpa, o zagueiro Murilo aproveitou cruzamento e finalizou de cabeça. O goleiro adversário até fez uma belíssima defesa, mas, no rebote, Gómez foi implacável e fez seu segundo gol na partida em um intervalo de cinco minutos, o quarto do Verdão. (Palmeiras 4×1 Atlético-GO)

Já no segundo tempo, com um resultado amplamente favorável, o Palmeiras administrou o placar e o técnico Abel Ferreira promoveu mudanças no time. Aos 13 minutos, troca dupla: no ataque, Breno Lopes na vaga de Gabriel Veron; e no meio-campo, Atuesta substituiu Scarpa, que saiu aplaudido após mais uma grande atuação.

Aos 15 minutos, o Palmeiras chegou a balançar as redes com Breno Lopes, logo após sua entrada, mas o gol foi corretamente anulado devido a posição irregular. Mas o Palmeiras mostrava que, apesar de administrar o placar, também aproveitaria as suas oportunidades.

Após mais alguns minutos passados, foi o Verdão quem cresceu no jogo e dominou as ações. Criou chances com Gómez, Murilo e Piquerez. Novas substituições foram feitas: Gabriel Menino no lugar de Danilo, dentre os volantes; e Mayke na vaga de Luan, na lateral-direita (o zagueiro Luan desta vez atuou como lateral devido à dupla de zaga ter sido composta por Murilo e Gómez).

Mais alguns minutos se passaram e, mesmo em baixa na partida, o Dragão conseguiu diminuir com o atacante Churín, aos 32 minutos, em um lance que contrariava o ritmo da partida. Uma vez em que chegaram ao ataque, os visitantes obrigaram Weverton a subir e dar um soco na bola para afastar lançamento na área; no entanto, ao cair no chão, o guarda-redes não encontrou a pelota, que sobrou para Churín finalizar de cabeça, por cima da defesa do esmeraldina. (Palmeiras 4×2 Atlético-GO)

Após o tento sofrido, o Verdão emplacou alguns lances ofensivos – em um deles, aos 36 minutos, bombardeou a defesa goiana com sequências de finalizações feitas por Gabriel Menino, de fora da área, e por Breno Lopes, na sequência da tentativa de Menino.

Até o final da partida, que foi até os 49 minutos, o Maior Campeão do Brasil dominou as ações e não cedeu espaço algum para um possível esboço de reação do adversário. Para completar a noite, Rony ainda tentou sua famosa bicicleta: após Atuesta bater de fora da área, a bola desviou na zaga e subiu na medida para o camisa 10, que girou o corpo e finaliou ao seu melhor estilo. A bola até passou perto.

fonte: https://www.palmeiras.com.br/noticias/palmeiras-vira-sobre-atletico-go-em-casa-goleia-e-segue-na-lideranca-do-brasileiro-com-invencibilidade-mantida/

Comentários Facebook

Esportes

Timão treina de olho no duelo diante do Fluminense

Publicado

Na manhã desta quinta-feira (30), no CT Dr. Joaquim Grava, o Corinthians deu sequência na preparação para o próximo compromisso válido pelo Campeonato Brasileiro. No sábado (02/07), às 16h30, no Maracanã, o Timão visita o Fluminense pela 15ª rodada da competição.

Os atletas realizaram o aquecimento no Campo 1 e, em seguida, participaram de um trabalho de posse de bola em espaço reduzido sob as orientações do técnico Vítor Pereira. Depois, todos foram ao Campo 2 para uma atividade de enfrentamento e, por fim, os jogadores praticaram cruzamentos e finalizações.


Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

A novidade do dia foi a chegada do atacante Yuri Alberto. Ele teve o primeiro contato com os novos companheiros e realizou testes físicos no Lab R9. Mais tarde, no Universo SCCP, você confere uma entrevista exclusiva do novo reforço do Timão.

Amanhã (1º/07), novamente pela manhã, o elenco corinthiano fará o último treinamento preparatório para o duelo diante do Fluminense. À tarde, a delegação embarca para o Rio de Janeiro.

fonte: https://www.corinthians.com.br/noticias/futebol-masculino-timao-treina-de-olho-no-duelo-diante-do-fluminense

COMENTE ABAIXO:
Leia mais:  Leão perde em Maceió para CSA

Fonte: Agência Esporte

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana