conecte-se conosco

Geral

Latino tem nova prisão decretada por dever pensão alimentícia para outro filho

Publicado

Latino volta a ter prisão decretada por dever pensão alimentícia de a um dos seus nove filhos

A juíza Cristiane de Sá Berbat, da 2ª Vara de Família do Méier, no Rio, expediu uma intimação contra Latino devido a dívida de seis meses de pensão alimentícia com o filho Matheus, de 6 anos, fruto do seu relacionamento com a modelo Jack Blandy. Caso o cantor não pague a dívida, pode ir parar atrás das grades.

De acordo com as informações do jornal Extra , o advogado de  Latino , Dr. José Marcos Gomes Junior, disse que não existe nenhuma ordem de prisão e que sim, há um processo que corre em segredo de Justiça com divergência em relação aos valores cobrados pela pensão alimentícia. “Ela (a mãe da criança) entende que tem um crédito a receber e entrou com um recurso, já que o juiz não autorizou a inclusão de juros nas verbas, e isso está sendo um objeto de discussão no processo. Quanto à ordem de prisão, não existe”, disse.

Segundo os advogados de Jack Blandy, Dr. Carlos Faller e Dr. Carlos Leal, o cantor deve os seis primeiros meses de pensão alimentícia desse ano. De acordo com a lei de Pensão Alimentícia, art. 528, com três meses de atraso na pensão, o provedor pode ir preso.

Leia mais:  Empresa que vai devolver a BR-040 arrecadou R$ 1,3 bilhão

+ Polêmica

Cantor latino tem prisão decretada por não pagar pensão alimentícia
Instagram/Reprodução

Cantor latino tem prisão decretada por não pagar pensão alimentícia

Em fevereiro desse ano, outra prisão por falta de pagamento de pensão alimentícia foi decretada contra o cantor. No caso, a Justiça de Manhuaçu (MG) decretou a sua prisão por conta de uma dívida que gira em torno de R$ 60 mil de uma filha de 9 anos fruto de um antigo relacionamento do cantor com a cabeleireira Neusimar Cosendei, que trava uma batalha judicial com o cantor desde a gravidez.

Já em setembro do ano passado, a juíza Cristiane de Sá Berbat, do Rio de Janeiro, decretou a prisão de Latino após ele não pagar a pensão do filho Matheus, 5 anos.  O cantor acabou quitando a dívida cinco dias depois do decreto e se livrou da prisão. O cantor é pai de 9 filhos, inclusive de Suzanna Freitas, fruto da sua relação com a cantora Kelly Key .

Fonte: IG

Comentários Facebook

Geral

Eleições 2022: Ratinho Junior anuncia primeiras mudanças no secretariado

Publicado

Arquivo/Rodrigo Félix Leal/AEn

O governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), anunciou nesta quarta-feira (12) as primeiras mudanças no secretariado de olho nas Eleições de 2022. As trocas serão efetivadas na próxima segunda-feira (17).

O atual secretário-chefe da Casa Civil, Guto Silva (PSD), deixará o cargo para retomar o mandato como deputado estadual. Ele deve se lançar candidato à reeleição, ou concorrer à Câmara dos Deputados ou Senado Federal.

O posto dele será ocupado pelo atual secretário João Carlos Ortega, que chefiava a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas. A pasta agora será conduzida pelo ex-prefeito de Pato Branco Augustinho Zucchi (Podemos).

Outra mudança é na Chefia de Gabinete, que passará a ser conduzida pelo ex-presidente da AMP (Associação dos Municípios do Paraná) Darlan Scalco (PSDB). O atual chefe, Daniel Villas Bôas, assume a Superintendência de Relações Institucionais.

Sem mencionar as Eleições 2022, o governador Ratinho Junior afirmou que o objetivo das mudanças é reforçar o atendimento aos municípios e fortalecer o diálogo com o terceiro setor, o empresariado e com os outros órgãos.

Leia mais:  10 Modinhas e tendências japonesas que são um tanto estranhas para nós

“Tenho plena confiança em cada pessoa que assume esses cargos. Fizeram excelentes trabalhos em seus postos anteriores”, disse ele, por meio da Agência Estadual de Notícias.

Outras mudanças são esperadas nas próximas semanas. O prazo limite para que os futuros candidatos às Eleições 2022 se afastem de cargos públicos é dia 1º de abril, seis meses antes do pleito.

Na lista de futuros candidatos estão os também secretários estaduais Ney Leprevost (Justiça e Família), Sandro Alex (Infraestrutura e Logística) e Beto Preto (Saúde).

 

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana