conecte-se conosco

Esportes

João Pedro e Matheus Anjos estão mandando bem com a camisa do Paraná

Publicado

Tibuna Paraná

A recuperação que o Paraná Clube teve nas últimas rodadas da Série B do Campeonato Brasileiro, antes da parada para a Copa América, teve uma grande parcela de contribuição dos meias João Pedro e Matheus Anjos. Sem espaço no Athletico, os dois jogadores, acostumados a atuar juntos com a camisa rubro-negra, foram emprestados pelo rival para a disputa da segunda divisão deste ano, se firmaram entre os titulares do time paranista e estão hoje entre os destaques do Tricolor que está na briga pelo acesso à primeira divisão.

O meia João Pedro é um velho conhecido do torcedor do Paraná. O armador, em 2017, foi um dos responsáveis pela arrancada do time na campanha do acesso à elite do futebol brasileiro, depois de dez anos de espera na segunda divisão. Fez, naquele ano, 23 jogos, marcou quatro gols e foi fundamental para a ascensão do time paranista no segundo turno da Segundona daquela temporada.

A temporada de destaque que teve no Paraná rendeu a transferência do meia João Pedro ao Botafogo, no ano passado. No entanto, o jogador conviveu com algumas lesões, não conseguiu ter uma sequência e deixou o time carioca com apenas oito partidas realizadas. Voltou, então, ao Athletico, disputou sete partidas do Campeonato Paranaense deste ano pelo time de aspirantes, mas sem destaque.

Leia mais:  De olho na semifinal da Copa Flávio Peixoto Sub-20, Ceará retoma treinos

Assim, o jogador não convenceu o técnico Tiago Nunes de que poderia ser útil no time principal do Athletico e acabou sendo emprestado, mais uma vez, ao Paraná Clube. João Pedro, na verdade, parece se sentir à vontade na Vila Capanema. Rapidamente, reencontrou seu melhor futebol e tem sido fundamental na boa campanha realizada pelo Tricolor na Série B deste ano. Além das boas atuações, o camisa 7 tem feito gols importantes e já balançou as redes três vezes na segunda divisão.

Ao seu lado está jogando o meia Matheus Anjos. O jogador, usando a camisa 10, tem feito bem seu papel. Principal armador do time paranista, ele jogou as oito partidas pela Série B e se tornou titular absoluto do meio de campo do time comandado pelo técnico Matheus Costa.

Não que tenha feito atuações de encher os olhos, mas Matheus Anjos tem jogado o ‘arroz e feijão bem temperado‘ no meio de campo do Paraná. Além de contribuir com a marcação, ele tem papel importante no setor de criação e participou de jogadas que originaram alguns dos gols anotados pelo Tricolor, mesmo que ainda não tenha balançado as redes nesta Série B.

Leia mais:  América- MG com foco nos primeiros compromissos fora de casa, realiza treinos

O meia, na verdade, também reencontrou seu melhor futebol vestindo a camisa do Paraná. No ano passado, quando foi emprestado ao Guarani e jogou a Série B, fez apenas cinco partidas. Neste ano, já são oito jogos, atuações regulares e a titularidade absoluta na maiuca, com boas perspectivas para o futuro.

Assim, a dupla que veio pronta do rival Athletico é a esperança do Paraná Clube na Série B deste ano. Manter a regularidade apresentada até agora é a missão de João Pedro e Matheus Anjos na retomada da segunda divisão para manter o time na briga pelo acesso à elite do futebol brasileiro do ano que vem.

Comentários Facebook

Esportes

Bragantino vence Inter de Limeira pelo Paulistão

Publicado


O Red Bull Bragantino voltou a vencer no Campeonato Paulista. Na noite de quinta-feira (15), no Estádio Major Levy Sobrinho, o Massa Bruta bateu a Inter de Limeira por 2 a 0 em jogo válido pela quinta rodada. Com os gols de Aderlan e Helinho, o time comandado pelo técnico Maurício Barbieri chegou aos 14 pontos na liderança do Grupo C.

Depois de três partidas longe de casa, agora a equipe de Bragança Paulista recebe o Mirassol neste sábado (17), às 20 horas, no Nabizão.

O jogo

A equipe bragantina começou o duelo ocupando o campo de ataque e acuando os donos da casa. O primeiro lance de perigo foi aos dez minutos, com um forte chute de Lucas Evangelista. A bola passou à esquerda da meta adversária.

Seis minutos depois, após cobrança de falta de Claudinho, Edimar cabeceou em direção ao gol e viu o zagueiro oponente desviar para escanteio. No minuto seguinte, Artur recebeu lançamento de Raul na grande área e tentou surpreender o goleiro por cobertura, porém a bola saiu por cima do travessão.

  Bragantino irá conhecer os adversários na primeira fase da Sul Americana

Leia mais:  Sport domina Santa Cruz no Arruda e consegue vitória nos minutos finais

Ainda na primeira etapa, Artur quase abriu o placar em cabeceio aos 28 minutos, mas novamente a bola passou por cima do gol.

Nos acréscimos, Helinho invadiu a área pela esquerda e bateu cruzado. Na segunda trave, Artur tentou acertar a bola com um carrinho, mas a bola correu para a linha de fundo.

Logo no recomeço da partida, aos dois minutos, Claudinho quase marcou ao cabecear um lindo cruzamento de Lucas Evagelista, porém a bola passou por cima.

Sem parar de pressionar, o Red Bull Bragantino abriu o marcador pouco depois da expulsão de Matheus Alexandre, lateral da Inter. Aos 16 minutos, após uma bola mal afastada pela defesa, Aderlan dominou na entrada da área e acertou um lindo chute para balançar as redes.

Embalado pelo gol, o Massa Bruta seguiu pressionando e quase ampliou com Claudinho, aos 20 minutos, mas a finalização não acertou o alvo.

Mesmo com um jogador a menos, os donos da casa se lançaram ao ataque em busca do empate. Com um gol anulado por posição irregular em cada etapa, a Inter tentou surpreender o Braga, mas o sistema defensivo da equipe de Bragança Paulista segurou a investida adversária.

  Palmeiras faz últimos trabalhos antes de encarar o São Caetano

Leia mais:  De olho na semifinal da Copa Flávio Peixoto Sub-20, Ceará retoma treinos

Ainda aos 42 minutos, Claudinho quase ampliou o marcador. Após passe de Ryller, o camisa 10 bateu da entrada da área e viu Rafael Pin espalmar para escanteio.

Mas antes do apito final, o Red Bull Bragantino sacramentou a vitória em um contra-ataque mortal aos 49 minutos. Após belo passe de Claudinho, Helinho invadiu a área em velocidade e bateu de primeira, rasteiro, para dar números finais ao duelo.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana