conecte-se conosco

Curitiba

Corpo em estado de decomposição é encontrado por acaso no Centro de Curitiba

Publicado

Tribuna Paraná

O corpo de um homem identificado apenas como Valdir foi encontrado por acaso na tarde desta terça-feira (2), dentro da casa dele, em avançado estado de decomposição, durante o atendimento a uma ocorrência de furto no Centro de Curitiba. Um suspeito foi preso por furtar uma TV 40′, mas a polícia ainda investiga se a morte de Valdir tem relação com um crime anterior. A situação foi registrada na Rua André de Barros, quase em frente à Praça Rui Barbosa, por volta de 12h30.

Segundo o tenente do 12.° Batalhão da Polícia Militar (PM), Heryc Neves, o suspeito do furto foi detido por populares até a chegada da polícia. Exatamente por causa disso, por ter sido seguro por populares, ele não teria tido êxito na tentativa de furto desta terça. A PM então foi até a casa do suspeito e lá havia uma televisão que poderia ser roubada. Ele mora no prédio ao lado da casa onde o corpo foi achado.

“Verificamos que a televisão furtada estava em posse do suspeito, na casa dele. Em seguida, fomos averiguar na vizinhança para obter informações. Se alguém sabia de algo a respeito. Foi quando nos deparamos com o corpo de Valdir”, disse Neves.

Leia mais:  Semana começa quente e com sol em Curitiba, mas frente fria muda clima na quinta

Relação entre os crimes

O corpo de Valdir foi encontrado em estado de decomposição avançado. A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) foi acionada. “Ainda não há como afirmar se foi homicídio. A Polícia Civil vai investigar qual a relação do furto da televisão com o achado do corpo”, concluiu o tenente da PM.

O Instituto Médico-Legal (IML) também foi acionado e recolheu o corpo. O óbito foi constatado pelo Siate. Até a publicação desta matéria, o nome completo de Valdir não havia sido informado. Populares da redondeza apenas disseram que ele trabalhava em um padaria 24 horas, também no Centro.

Comentários Facebook

Curitiba

VÍDEO: Ônibus com 37 pessoas perde o freio na serra entre Curitiba e Joinville

Publicado

Um ônibus de viagem que fazia o trajeto Belém (PA) – Florianópolis (SC) perdeu os freios enquanto trafegava na rodovia BR-376 na madrugada da Última quarta-feira, 6. O veículo ocupado por 37 passageiros, sendo oito crianças, atingiu 118 km/h e só parou depois de entrar na área de escape do quilômetro 671,7, em Guaratuba (PR). Ninguém se feriu.

De acordo com a Arteris Litoral Sul, concessionária do trecho, o ônibus entrou 115 metros na área de escape por volta da 1h45. O condutor relatou às equipes que não conseguiu mais utilizar os freios dois quilômetros antes da área e, como ele já conhecia o dispositivo, direcionou o ônibus para entrada.

O motorista e os passageiros foram transportados até um posto de apoio para seguirem viagem com suporte da empresa responsável.

Segundo a concessionária, essa foi a sexta vez que um ônibus usou a área de escape, inaugurada em agosto de 2011. Neste período ela foi utilizada por 257 veículos pesados, ajudando a salvar 376 vidas.

Leia mais:  Casa do Estudante Universitário do Paraná abre inscrições em Curitiba

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana