conecte-se conosco

Esportes

Coritiba vive uma verdadeira crise em sua defesa

Publicado

Tribuna Paraná

Desde o começo da temporada 2019, a defesa do Coritiba teve diversas formações e nesta parada forçada por conta da Copa América, o técnico Umberto Louzer terá a missão de, finalmente, achar a composição ideal para o setor. Em cinco vagas no time, entre gol, laterais e zaga, foram 12 atletas que passaram pelas posições.

Entre aqueles que fizeram parte do rodízio, o gol foi o que menos teve trocas. Dono absoluto da meta, Wilson apenas deixou seu posto quando precisou operar a mão e, com isso, deu espaço para Alex Muralha. O novato ficou debaixo do travessão durante o segundo turno do Campeonato Paranaense. E mesmo que o substituto tenha mandado bem, assim que o ídolo se recuperou, voltou ao seu lugar fixo e, agora, soma 17 jogos no ano e dois gols marcados.

Na lateral-direita, desempenharam a função Diogo Matheus, Felipe Mattioni e Sávio. Mattioni foi contratado para ser o grande nome para a vaga, mas depois de lesão, deu espaço a Sávio, que também se machucou. Por isso, o clube teve que contratar Diogo Matheus como substituto imediato. Porém, também lesionado, abriu espaço para a volta de Sávio, que vem sendo acionado.

Leia mais:  Athletico PR conquista a terceira vitória seguida após vencer o Paraná

Na zaga, apenas um jogador tinha seu lugar garantido. Alan Costa era titular absoluto, enquanto seu companheiro vinha de escolhas pontuais. Romércio, Sabino e Walisson Maia entraram em campo neste ano. Somando 23 partidas com a camisa do Coxa em 2019 e três gols marcados no Campeonato Paranaense, o jogador foi afastado do clube. A polêmica envolvendo o zagueiro se deu após ele se recusar a seguir viagem com a delegação para Campinas, para o jogo diante do Guarani, pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O clube não viu com bons olhos o pedido de desconvocação do jogador e o colocou à disposição no mercado.

O atleta, no entanto, negou que tenha criado complicações ao saber que seria reserva no confronto com o Bugre. “Eu só posso dizer que o que foi contado não é verdade. Eu estou sabendo que eu vou ser afastado apenas pela imprensa”, disse o jogador à Rádio Transamérica.

Outra posição que sofreu com as trocas foi a lateral-esquerda. Marcaram presença na função Fabiano, Patrick Brey e William Matheus. Brey, que tem essa como sua posição de origem, chegou a atuar improvisado na ponta esquerda por algumas rodadas. Assim que finalmente retomou seu lugar natural no campo, na partida diante do Paraná Clube pela sétima rodada do Brasileirão, o jogador se lesionou e fez com que Fabiano voltasse a ter chance no time.

Leia mais:  Coritiba aproveita período sem jogos pra trabalhar mais o ataque

Ainda que o Cortiba esteja com sérias dificuldades para escalar sua defesa – e outros setores – por conta de lesão, além de ter como certa a baixa de Alan Costa, o Coritiba não deve ter novidades pra sequência do campeonato. “Não há previsão de contratação de reforços. Já contamos com sete zagueiros”, resumiu o executivo de futebol do clube, Rodrigo Pastana, em entrevista à Tribuna do Paraná.

Mesmo com tantas trocas no primeiro terço de campo e as dificuldades encontradas no time como um todo, Umberto Louzer aposta que o mês sem calendário será o ponto de partida para uma reação do Alviverde e garante que ajeitará a casa. “A gente acredita muito no trabalho. Não só o meu, mas de toda a comissão. Essa intertemporada vai servir para a gente crescer física, tática e tecnicamente. Tenho convicção no que a gente está fazendo”, arrematou.

Comentários Facebook

Esportes

Timão se reapresenta após vitória no Derby

Publicado



Foto: Felipe Szpak/Agência Corinthians

Na tarde desta segunda-feira (27), o Corinthians se reapresentou no CT Dr. Joaquim Grava, após a vitória diante do Palmeiras – no último sábado (25), na Neo Química Arena –, e iniciou a preparação para o próximo compromisso válido pelo Campeonato Brasileiro: no sábado (02/10), às 19h, o Timão visita o Red Bull Bragantino, no Estádio Nabi Abi Chedid, pela 23ª rodada da competição.

Os atletas que atuaram por mais de 45 minutos no Derby foram ao gramado, mas fizeram apenas um trabalho regenerativo. Os demais foram ao Campo 1 e realizaram o aquecimento.

Em seguida, o técnico Sylvinho promoveu uma atividade de rondo no Campo 2. Por fim, o treinador corinthiano comandou um trabalho de posse de bola em espaço reduzido.

Alguns jogadores permaneceram no campo para atividades complementares orientadas pelos auxiliares Alex Meschini e Doriva.

Amanhã (28), novamente no período da tarde, o elenco faz o segundo treino preparatório para o duelo diante do Red Bull Bragantino.

Tags: Futebol, Notícias

  Na estreia do Campeonato Paulista, Corinthians empata com Bragantino

Leia mais:  Corinthians F7 estreia com empate na Taça Governador em São Paulo

Categoria(s): FutebolCorinthians

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana