conecte-se conosco

Esportes

Coritiba vive uma verdadeira crise em sua defesa

Publicado

Tribuna Paraná

Desde o começo da temporada 2019, a defesa do Coritiba teve diversas formações e nesta parada forçada por conta da Copa América, o técnico Umberto Louzer terá a missão de, finalmente, achar a composição ideal para o setor. Em cinco vagas no time, entre gol, laterais e zaga, foram 12 atletas que passaram pelas posições.

Entre aqueles que fizeram parte do rodízio, o gol foi o que menos teve trocas. Dono absoluto da meta, Wilson apenas deixou seu posto quando precisou operar a mão e, com isso, deu espaço para Alex Muralha. O novato ficou debaixo do travessão durante o segundo turno do Campeonato Paranaense. E mesmo que o substituto tenha mandado bem, assim que o ídolo se recuperou, voltou ao seu lugar fixo e, agora, soma 17 jogos no ano e dois gols marcados.

Na lateral-direita, desempenharam a função Diogo Matheus, Felipe Mattioni e Sávio. Mattioni foi contratado para ser o grande nome para a vaga, mas depois de lesão, deu espaço a Sávio, que também se machucou. Por isso, o clube teve que contratar Diogo Matheus como substituto imediato. Porém, também lesionado, abriu espaço para a volta de Sávio, que vem sendo acionado.

Leia mais:  De virada, Corinthians vence do Ponte Preta pelo Campeonato Paulista

Na zaga, apenas um jogador tinha seu lugar garantido. Alan Costa era titular absoluto, enquanto seu companheiro vinha de escolhas pontuais. Romércio, Sabino e Walisson Maia entraram em campo neste ano. Somando 23 partidas com a camisa do Coxa em 2019 e três gols marcados no Campeonato Paranaense, o jogador foi afastado do clube. A polêmica envolvendo o zagueiro se deu após ele se recusar a seguir viagem com a delegação para Campinas, para o jogo diante do Guarani, pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O clube não viu com bons olhos o pedido de desconvocação do jogador e o colocou à disposição no mercado.

O atleta, no entanto, negou que tenha criado complicações ao saber que seria reserva no confronto com o Bugre. “Eu só posso dizer que o que foi contado não é verdade. Eu estou sabendo que eu vou ser afastado apenas pela imprensa”, disse o jogador à Rádio Transamérica.

Outra posição que sofreu com as trocas foi a lateral-esquerda. Marcaram presença na função Fabiano, Patrick Brey e William Matheus. Brey, que tem essa como sua posição de origem, chegou a atuar improvisado na ponta esquerda por algumas rodadas. Assim que finalmente retomou seu lugar natural no campo, na partida diante do Paraná Clube pela sétima rodada do Brasileirão, o jogador se lesionou e fez com que Fabiano voltasse a ter chance no time.

Leia mais:  América segue se preparando para a final do Mineiro

Ainda que o Cortiba esteja com sérias dificuldades para escalar sua defesa – e outros setores – por conta de lesão, além de ter como certa a baixa de Alan Costa, o Coritiba não deve ter novidades pra sequência do campeonato. “Não há previsão de contratação de reforços. Já contamos com sete zagueiros”, resumiu o executivo de futebol do clube, Rodrigo Pastana, em entrevista à Tribuna do Paraná.

Mesmo com tantas trocas no primeiro terço de campo e as dificuldades encontradas no time como um todo, Umberto Louzer aposta que o mês sem calendário será o ponto de partida para uma reação do Alviverde e garante que ajeitará a casa. “A gente acredita muito no trabalho. Não só o meu, mas de toda a comissão. Essa intertemporada vai servir para a gente crescer física, tática e tecnicamente. Tenho convicção no que a gente está fazendo”, arrematou.

Comentários Facebook

Esportes

São Paulo empata com o Cuiabá pelo Brasileirão

Publicado


No primeiro confronto entre os clubes na história, o São Paulo empatou com o Cuiabá em 2 a 2 nesta quarta-feira (23), no Morumbi, em duelo válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro de 2021.00

Os gols são-paulinos foram marcados por Benitez e Gabriel Sara, ambos no primeiro tempo. Com o resultado, o Tricolor ainda não conseguiu vencer na competição nacional deste ano e, agora, detém três pontos.

No próximo domingo (27), às 20h30, na Arena Castelão, o São Paulo enfrentará o Ceará na sequência do torneio.

Para encarar os mato-grossenses, o time não contou com Miranda (estiramento no músculo posterior da coxa esquerda), William (trauma no joelho direito), Luan (transição para o campo após edema na região posterior da coxa esquerda), Hernanes (aprimora forma física após contratura muscular no tronco) e Luciano (estiramento no músculo posterior da coxa esquerda), além de Arboleda (Seleção do Equador), Reinaldo e Igor Vinícius (suspensos).

Assim, o técnico Hernán Crespo escalou a equipe com Tiago Volpi; Diego Costa, Bruno Alves e Léo; Orejuela, Liziero, Gabriel Sara, Benitez e Welington; Rigoni e Eder.

  Botafogo até que tentou mas perdeu de 3 a 1 para o Grêmio

Leia mais:  Paraná Clube tenta embalar contra o Operário antes da parada da Copa América

O primeiro tempo foi agitado e teve quatro gols. Aos 17 minutos, em grande linda jogada ofensiva, o Tricolor abriu o placar: Orejuela recebeu pela direita e tocou para Rigoni, que deixou Benítez na cara do gol para abrir o placar! 1 a 0!

O São Paulo largou na frente, mas sofreu a virada: aos 23, com Rafael Gava, e aos 38, com Elton, os visitantes balançaram as redes.

No entanto, sem desanimar, o time são-paulino reagiu e deixou tudo igual antes mesmo do intervalo: aos 42 minutos, Sara, que já tinha carimbado o travessão no início do jogo, testou com categoria após cruzamento de Rigoni e empatou. 2 a 2.

Na volta para a etapa complementar, o treinador argentino promoveu a entrada de Dani Alves na vaga de Orejuela – recuperado de lesão, o camisa 10 retornou após nove jogos e estreou no Brasileirão desta temporada.

Mais tarde, Vitor Bueno, Pablo, Talles Costa e Rojas herdaram as vagas de Eder, Rigoni, Welington e Rojas. Mesmo com mais opções ofensivas, o São Paulo não conseguiu furar o bloqueio adversário, e o confronto terminou empatado: 2 a 2.

  Lateral esquerdo Romário é novo reforço do Coritiba

Leia mais:  São Paulo | Sub-17 abre semifinais da Copa do Brasil

SÃO PAULO 2 x 2 CUIABÁ

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 23/06/2021 (quarta-feira)

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Marcus Vinicius Gomes (MG) e Fernanda Nândrea Gomes Antunes (MG)
Quarto Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Analista de Campo: Marcio Verri Brandão (SP)
Árbitro de Vídeo: Heber Roberto Lopes (SC)
AVAR: Thiaggo Americano Labes (SC)
Observador de VAR: José Antônio Chaves Franco Filho (RS)

Gols: Benítez, 17/1; Rafael Gava, 22/1; Elton, 38/1; Sara, 42/1
Cartões amarelos: Welington, 21/1; João Lucas, 1/2

SPFC: Volpi; Diego Costa, Bruno Alves e Léo; Orejuela (Daniel Alves, intervalo), Liziero, Sara (Rojas, 40/2), Benitez e Welington (Pablo, 31/2); Rigoni (Talles, 31/2) e Eder (Vitor Bueno, 19/2). Técnico: Hernán Crespo.

CUI: Walter; João Lucas, Marllon, Paulão e Lucas Hernández (Anderson Conceição, 32/2); Yuri (Auremir, 10/2), Rafael Gava, Pepê (Pepê, 32/2) e Clayson (Osman, 23/2); Jonathan Cafu e Elton (Jenison, 23/2). Técnico: Luiz Fernando Iubel.

fonte: http://www.saopaulofc.net/noticias/noticias/campeonato-brasileiro/2021/6/23/sao-paulo-empata-com-o-cuiaba-pelo-brasileirao

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana