conecte-se conosco

Esportes

Coritiba vive clima tenso às vésperas de jogo decisivo

Publicado

Tribuna Paraná-Luiz Ferraz

Resultados ruins, atuações irregulares e um ambiente que não é dos melhores. O Coritiba tem enfrentado seu momento mais delicado na temporada neste início da Série B do Campeonato Brasileiro. Sem conseguir uma sequência de boas apresentações até agora, o time vai entrar em campo pressionado amanhã, às 19h15, para enfrentar o São Bento, no Couto Pereira. Um novo tropeço diante do desconfiado torcedor alviverde pode trazer mudanças mais contundentes no clube para a sequência da temporada. Cada vez mais contestado, o técnico Umberto Louzer passará por mais uma prova de fogo.

Assim, todo esse clima de pressão que estará entorno do duelo contra o São Bento terá que ser bem absorvido e controlado pela equipe. É isso que espera o meia Thiago Lopes. Revelado na base do clube, o jogador conhece bem esse clima dos últimos anos e espera que o Coritiba possa voltar a vencer na Série B diante do seu torcedor.

“A pressão vai ser constante, ainda mais em um clube grande que não está em uma boa situação na tabela. Precisamos dar uma resposta imediata e com resultado. As vezes temos o desempenho bom, mas o resultado não é. A gente precisa do resultado e esperamos isso na terça-feira. Temos que saber lidar com a pressão, saber jogar o jogo, melhorar aquilo que a gente errou, amadurecer, crescer e conseguir o resultado positivo”, pontuou o armador alviverde.

Leia mais:  Atlético – MG | Sub-20 conhece datas e horários das finais do Brasileiro

Se não bastasse a fase ruim em campo e a dificuldade de conseguir ter uma atuação mais regular durante os 90 minutos, o ambiente interno não é dos melhores. No final de semana, o executivo de futebol, Rodrigo Pastana, chegou a demitir o roupeiro Diego Alves. O funcionário, que tem anos de dedicação ao clube, é benquisto por todos e a sua saída causou um desconforto entre jogadores e outros colaboradores do clube.

O Coritiba não vai se pronunciar sobre o episódio alegando que se trata de um assunto administrativo. Então, não se sabe se a demissão do roupeiro foi revertida ou não. O certo é que esse acontecimento as vésperas de um duelo importante diante do São Bento prova a tensão dentro do clube e a falta de sintonia entre diretoria, especialmente Rodrigo Pastana, responsável pelo departamento de futebol, e outros membros da direção e funcionários.

Entre os jogadores e a comissão técnica, o clima de cobrança aumentou. Chegou a hora de falar menos e ter mais atitude, a começar pelo duelo contra o São Bento. “Após os jogos temos uma reunião com o treinador e todos os pontos de vista são analisados. A gente precisa dar uma resposta imediata e não ficar só nisso, não ficar só na cobrança interna. É colocar a cobrança em campo para produzir mais e fazer jogos melhores. Com os resultados, vem a tranquilidade para apresentar um futebol melhor. Essa cobrança é natural da diretoria e da torcida e temos que dar a resposta imediata em campo”, concluiu Thiago Lopes.

Leia mais:  Ponte fica no empate sem gols com o Operário e vai buscar três pontos contra o Brasil-RS.

Comentários Facebook

Esportes

Perto de recorde, Fred mira vantagem na Copa do Brasil: “É decisão”

Publicado


Quando a bola rolar nesta terça-feira, às 19h15, para a partida contra o Criciúma em Santa Catarina, Fred tem a oportunidade de novamente fazer história com a camisa do Fluminense. Se balançar as redes, ele se tornará o maior artilheiro da Copa do Brasil em todos os tempos. Com 35 gols, ele está a um de se igualar a Romário e a dois de se isolar no topo da lista.

Seja Sócio e receba conteúdos exclusivos, além de ter descontos em vários parceiros. Faça o Fluminense mais forte e escolha um plano agora!

Apesar da possibilidade de alcançar mais um recorde em sua carreira, isso sequer passa pela cabeça do camisa 9. Para Fred, o foco nesta noite deve ser construir um bom resultado no confronto de oitavas de final para decidir a classificação em casa, no Maracanã, no próximo sábado, às 16h30.

“É uma decisão para a gente, em que teremos dois jogos. O confronto não acaba agora, e sim no sábado. Sabemos da dificuldade que vamos enfrentar lá. O Criciúma é um time que se acertou e está vivendo um grande momento, com uma sequência boa de resultados positivos. Mas a gente vai lá para impor nosso ritmo e sair com uma boa vitória, se Deus quiser”, declarou o camisa 9.

  Fluminense vence o Sport de virada com dois gols de Lucca fora de casa

Leia mais:  Grêmio se reapresenta para semana de treinos

Dos seis principais goleadores da história da competição, Fred é o único em atividade. O Tricolor avançou às oitavas de final da Copa do Brasil ao eliminar o Red Bull Bragantino na terceira fase da competição.

Esta será a quarta vez que Fluminense e Criciúma vão se enfrentar na Copa do Brasil. O Tricolor levou a melhor nos confrontos de1992 e 2017 e acabou superado em 1996. Ao todo, Flu e Criciúma se enfrentaram 23 vezes, com 14 vitórias do Tricolor, 4 empates e 5 derrotas, contabilizando um aproveitamento de 66,67%. O Time de Guerreiros tenta o bicampeonato do mata-mata nacional. O time foi campeão em 2007, quando superou o Figueirense na decisão, com gol do então zagueiro Roger, hoje o técnico tricolor.

Maiores artilheiros da Copa do Brasil:

1– Romário (36 gols)
2– Fred (35 gols)
3– Viola (29 gols)
4– Oséas e Paulo Nunes (28 gols)
5– Dodô (26 gols)

Foto: Mailson Santana/FFC
Texto: Comunicação/FFC

Fonte: https://www.fluminense.com.br/noticia/perto-de-recorde-fred-mira-vantagem-na-copa-do-brasil-e-decisao

COMENTE ABAIXO:

Leia mais:  Melhor em campo nos três últimos jogos do Vozão, meia Vina soma cinco participações em gols

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana