conecte-se conosco

Esportes

Athletico encara o Flamengo buscando abrir vantagem na Copa do Brasil

Publicado

Tribuna Paraná-Luiz Ferraz

cabou a espera. Quase um mês depois de ter feito seu último jogo oficial, o Athletico começa a decidir hoje, às 21h30, diante do Flamengo, na Arena da Baixada, uma vaga na semifinal da Copa do Brasil. O Furacão sabe da importância de conseguir um grande resultado nesse primeiro jogo das quartas de final da competição, já que o time, neste ano, tem apresentado dificuldades visíveis quando joga fora de casa. A partida terá transmissão da RPC e do SporTV.

O Furacão ainda não venceu atuando como visitante na temporada de 2019. Com apenas uma derrota em jogos oficiais dentro da Arena da Baixada na temporada de 2019, o Athletico, mais do que nunca, precisa fazer valer a força do Caldeirão para conseguir uma boa vantagem para a partida de volta, na semana que vem, no Maracanã. É isso que o Furacão vai tentar fazer.

Para construir a vantagem, o time vai pra cima desde o começo. “O Flamengo sabe da nossa qualidade e da força do nosso torcedor. Mas mesmo nos respeitando, eles vão tentar jogar. Temos que impor o nosso ritmo e fazer valer o mando de campo. É decisão. Não é uma final, mas os dois jogos valem uma classificação. A nossa equipe precisa estar preparada e fazer um grande jogo em casa”, apontou o atacante Marcelo Cirino.

Dentro de campo, o técnico Tiago Nunes terá alguns desafios. Nas últimas semanas, o treinador perdeu peças importantes. Primeiro, o zagueiro Thiago Heleno e o volante Camacho, que foram pegos no doping e estão suspensos. Na sequência, o zagueiro Paulo André se aposentou e o lateral-esquerdo Renan Lodi, peça chave do Athletico, foi negociado com o Atlético de Madrid.

Leia mais:  Paraná Clube não joga bem e é derrotado pelo FC Cascavel

Assim, o treinador terá que achar novos meios para que o time não sinta tanto a falta de Renan Lodi, especialmente em termos ofensivos. “Temos que criar uma nova estrutura, tentar criar meios coletivos de compensar a saída do Renan (Lodi), se enquadrando nas características dos jogadores à disposição”, cravou.

Mas, independentemente de quem vai estar em campo, o Athletico, segundo o lateral-direito Jonathan, terá que entrar com um espírito diferente para enfrentar o Flamengo, com máxima concentração para não colocar a classificação para a semifinal da Copa do Brasil em risco.

“Este tipo de competição é diferente, porque as duas equipes entram muito motivadas, buscando o ataque. É o time que está mais concentrado, que erra mesmo. São em pequenos pontos que se dá um classificado. Temos que colocar tudo em prática desde o primeiro minuto”, reforçou o lateral.

Para encarar o Flamengo, o técnico Tiago Nunes tem algumas dúvidas. Na defesa, o zagueiro Lucas Halter, recuperado de uma lesão na coxa, ainda é dúvida, mas deve ter condições de atuar. Sem ter mais opções para a posição, Márcio Azevedo será o substituto de Renan Lodi na lateral-esquerda atleticana.

Leia mais:  Fortaleza vence o Sampaio Corrêa pela Copa Nordeste

No meio de campo, os volantes Wellington e Bruno Guimarães estão confirmados. Se optar por uma formação mais ofensiva, o meia-atacante Nikão pode atuar mais recuado na função de armador. Caso contrário, Lucho González deve ser mantido entre os titulares e, assim, Nikão jogaria mais na frente, como um dos homens de ataque.

O atacante Marcelo Cirino corre por fora na briga por uma vaga entre os titulares. O jogador pode entrar na vaga de Nikão, que pode ser negociado a qualquer mome10nto com o futebol árabe. Já caso o camisa 11 atue mais recuado na armação das jogadas, Cirino deve formar o trio ofensivo ao lado de Marco Ruben e Rony.

COPA DO BRASIL
Quartas de final – Ida

Athletico x Flamengo

Athletico
Santos; Jonathan, Léo Pereira, Lucas Halter (Robson Bambu) e Márcio Azevedo; Wellington, Bruno Guimarães e Lucho González (Marcelo Cirino); Rony, Marco Ruben e Nikão (Marcelo Cirino).
Técnico: Tiago Nunes

Flamengo
Diego Alves, Rafinha, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Cuéllar, Diego, Vitinho e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol.
Técnico: Jorge Jesus

Local: Arena da Baixada
Horário: 21h30
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Leirson Peng Martins (RS)
VAR: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)

Comentários Facebook

Esportes

Vasco fecha preparação para duelo contra o Madureira

Publicado


O CT do Almirante, na Cidade de Deus, recebeu na tarde desta sexta-feira (07/05) o último treinamento do Vasco da Gama antes do jogo de volta da semifinal da Taça Rio. A atividade foi marcada por um trabalho tático e um animado recreativo. Em São Januário, neste sábado (08), às 16h, o Gigante da Colina encara o Madureira precisando de uma vitória para se garantir na final da competição, que é tratada como elemento importante na preparação da equipe cruzmaltina para os torneios nacionais.

Diante do Tricolor Suburbano, o treinador Marcelo Cabo seguirá o planejamento traçado após o término da fase de classificação do Campeonato Carioca e irá utilizar a equipe principal, conforme anunciado no final de semana passado, após o jogo em Conselheiro Galvão. Utilizado pela última vez no clássico contra o Flamengo, o meio-campo Marquinhos Gabriel retorna ao grupo de relacionados. O mesmo vale para Gabriel Pec e Matías Galarza, que tiveram um período de recesso recentemente.

Assim como em partidas anteriores, o planejamento traçado pelo Departamento de Futebol, Departamento de Saúde e Performance e Comissão Técnica será cumprido. Os atletas Ulisses, Riquelme, Bruno Gomes e Léo Jabá serão preservados. Quem também está fora da lista de convocados é Romulo. Embora já esteja clinicamente bem após ser diagnosticado com um edema na coxa esquerda depois do jogo de ida da semifinal, o atleta segue plano elaborado na sua chegada, e esse já incluía sua ausência na partida deste sábado (08/05).

  Laranjeira se diz preparado para agarrar oportunidades no Vasco

Leia mais:  Novo técnico , Hernán Cres do São Paulo é apresentado ao time

O zagueiro Ernando, por sua vez, atravessa um processo de recondicionamento aeróbico, pois se concentrou nas últimas semanas na realização de trabalhos indoor para a construção de uma base física visando a sequência da temporada. Vale lembrar que o defensor acelerou sua estreia para participar das fases iniciais da Copa do Brasil e não passou por um período de descanso após o término do Brasileirão, onde atuou em quase todos os jogos do Bahia, seu antigo clube.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana