conecte-se conosco

Paraná

Semana deve ter nevoeiros e baixa umidade do ar no Paraná

Publicado

Bem Paraná

Uma faixa que abrange partes do Sul do Paraná, Campos Gerais e Grande Curitiba tinha previsão de amanhecer com nevoeiro nesta terça-feira (11). De tarde, o que deve predominar é o clima seco, com baixa umidade relativa do ar. Esse tipo de cenário será comum a partir de agora. No fim do outono e durante o inverno é comum que a incidência dos nevoeiros fique mais presente, assim como é no inverno quando o clima normalmente fica mais seco.

Ontem, por exemplo, com o céu sem nuvens, a umidade relativa do ar ficou perto dos 45% em municípios do interior. O índice ainda não é alarmente, mas já é prenúncio de que os dias secos estão chegando. Para a saúde do ser humano níveis abaixo dos 20% é que se tornam prejudiciais.

O inverno também é uma estação típica para a formação de nevoeiros ou neblina, por causa das baixas temperaturas ao longo da madrugada e início da manhã. Para quem está dirigindo e encontra uma região com nevoeiro, a primeira recomendação é reduzir a velocidade.

Leia mais:  Paraná se aproxima dos 470 mil casos de Covid-19 e mortes já são 8.676

Queimadas
O inverno também é a estação com mais ocorrência de incêndios ambientais. Por causa do clima seco, e também porque as madrugadas geladas costumam “queimar” a vegetação, que fica mais seca e propensa ao fogo, situação que se intensifica quando há geadas no Estado.

Nesta terça, o sol deve aparecer na Capital, à exemplo do que aconteceu nos últimos dias. Mas o dia começa com temperatura baixa. Curitiba tinha previsão de mínima de 10ºC. Já as máximas ficam mais altas nesta semana, e podem chegar aos 24 ou 25 graus até o final de semana. O inverno começa no dia 21 de junho.

Chuva fica acima da média na metade sul do Paraná
Maio deste ano foi de bastante chuva em praticamente toda metade sul do Paraná, o que compreende uma faixa que se estende desde o Oeste paranaense, na divisa com o Paraguai, até o Litoral do Estgado. O volume de chuva ficou acima da média. Especialmente nos últimos dias do mês os acumulados foram mais expressivos, devido a um sistema semiestacionário. Em Guaraqueçaba, Antonina e Prudentópolis a chuva acumulada ultrapassou os 400 mm. Já na maior parte do Noroeste e do Norte as anomalias de chuva ficaram negativas, ou seja, choveu abaixo da média histórica. Em Paranavaí, por exemplo, foram apenas 40,2 mm.

Leia mais:  Podcast que conta a história do 'Caso Evandro' bate 4 milhões de downloads e vai virar série

Nesta época do ano é comum, após o avanço de sistemas frontais, que trazem chuvas, observarmos um declínio mais acentuado das temperaturas. O Paraná teve dois eventos de resfriamento mais intenso, no dia 14 de maio, com uma primeira onda de frio, e entre os dias 24 e 26, com um evento mais forte. A menor temperatura no Estado ocorreu em General Carneiro, com 4,6°C (dia 26 de maio). Outro destaque do mês foi a ocorrência de temporais no dia 30 de maio em vários municípios paranaenses.

Comentários Facebook

Paraná

Paraná se aproxima dos 470 mil casos de Covid-19 e mortes já são 8.676

Publicado

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou neste domingo (10) 1.625 casos confirmados e 7 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 469.538 casos confirmados e 8.676 mortos em decorrência da doença.

Os casos deste informe referem-se à pacientes que estiveram ou estão com a doença entre 24 de outubro de 2020 e 8 de janeiro de 2021. Os casos por data de confirmação do diagnóstico, ou encerramento (fechamento) do caso no sistema estão distribuídos nos meses: janeiro de 2021 são 1.541, os demais de 2020 nos meses de outubro 1, novembro 24 e dezembro 59. O detalhamento completo está no arquivo csv.

INTERNADOS – 1.350 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. São 1.075 pacientes em leitos SUS (585 em UTI e 490 em leitos clínicos/enfermaria) e 275 em leitos da rede particular (140 em UTI e 135 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 1.251 pacientes internados, 458 em leitos UTI e 793 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

Leia mais:  Casos de pessoas perdidas em mata e tentativas de suicídios sobem no Paraná

ÓBITOS – A secretaria estadual informa a morte de mais 7 pacientes. São 4 mulheres e 3 homens, com idades que variam de 40 a 90 anos. Os óbitos ocorreram nos dias 8 e 9 de janeiro.

Os pacientes que foram a óbito residiam em: Ponta Grossa (3), Arapongas (2). A Sesa registra ainda a morte de uma pessoa que morava em cada um dos seguintes municípios: Ampére e Santa Mariana.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Sesa registra 3.741 casos de residentes de fora, 73 pessoas foram a óbito.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana