conecte-se conosco

Esportes

Red Bull Bragantino empata com o Bahia

Publicado


O Red Bull Bragantino somou um ponto na segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado (5), no Nabizão, o Massa Bruta empatou com o Bahia em 3 a 3. Artur, Luan Cadido e Cuello marcaram os gols que levaram o Braga aos quatro pontos na tabela. Gilberto (2) e Jonas fizeram pelos visitantes.

Agora o Red Bull Bragantino encara o Fluminense em duas oportunidades nesta semana. Na quarta-feira (9), às 21h30, o jogo será válido pela volta da terceira fase da Copa do Brasil. Já no domingo (13), às 16 horas, o embate vale pela terceira rodada do Brasileirão. Ambas as partidas serão realizadas no Estádio Nabi Abi Chedid.

O jogo

A partida começou quente em Bragança Paulista. Logo no segundo minuto de jogo, o Massa Bruta abriu o placar com o Artur. Porém, com o auxílio do VAR, a arbitragem anulou o gol alegando falta do Red Bull Bragantino na origem da jogada.

O gol anulado não desanimou o time treinado por Maurício Barbieri, que seguiu arriscando ao alvo com Luan Candido e Artur, mas as tentativas saíram pela linha de fundo. Aos 14 minutos, Cuello também arriscou de fora da área, mas o goleiro Mateus Claus defendeu.

Apesar da pressão bragantina, o Bahia abriu 2 a 0 com Gilberto aos 15 e aos 18 minutos.

A vantagem do adversário não desanimou o Massa Bruta, que descontou o placar três minutos depois. Após roubada de bola no meio de campo, Ytalo recebeu na intermediária e logo passou para Artur, na direita. Em velocidade, o camisa 7 invadiu a área e bateu forte para balançar a rede.

  Em jogo intenso, Flamengo derrota Internacional e assume a liderança

Leia mais:  Com gol histórico de Ângelo, Santos vence San Lorenzo por 3 a 1 pela Conmebol Libertadores

O Braga chegou a marcar mais um gol com Luan Candido, aos 23 minutos, mas este também foi anulado. Desta vez, o lateral do Massa Bruta estava em posição irregular no momento em que cabeceou um levantamento de bola na área.

Aos 39, pela direita, Artur cruzou na área e Ytalo conseguiu cabecear no canto, mas o goleiro Mateus saltou para encaixar.

Nos acréscimos, Pedrinho levantou a bola na área e Artur ajeitou de cabeça para Ytalo. Marcado, o atacante tentou finalizar de letra mas obteve sucesso.

Na segunda etapa, o Red Bull Bragantino voltou pressionando e empatou o placar logo aos 4 minutos. Após cobrança de escanteio de Artur, Luan Candido subiu mais alto que defesa rival e desviou de cabeça para o fundo do gol.

O Braga seguiu levando perigo ao Bahia. Aos 15 minutos, Ytalo finalizou dentro da área mas foi travado pela defesa. Aos 17, Lucas Evangelista arriscou de fora da área e a bola foi para fora.

Aos 21, foi a vez de Pedrinho aproveitar bola mal afastada e soltar a bomba, mas a zaga baiana se jogou na bola e evitou a virada.

  Fortaleza oficializa a contratação do jogador Lucas Crispim

Leia mais:  Fortaleza não supera o Palmeiras e perde de 3 a 0

De tanto insistir, a virada do Braga veio aos 22 minutos. Depois de receber de Pedrinho, Cuello se livrou do marcador e bateu colocado, da entrada da área, no ângulo de Mateus Claus.

Aos 33, Artur bateu falta direto e obrigou o goleiro Mateus a mandar para escanteio.

Mesmo com domínio depois da virada, o Massa Bruta sofreu o empate aos 40 minutos, com Jonas, e o duelo terminou empatado em 3 a 3.

Red Bull Bragantino 3 x 3 Bahia
Local: Estádio Nabizão, em Bragança Paulista;
Árbitro: Vinicius Gomes do Amaral-RS;
Assistentes: Rafael da Silva Alves-RS e Maurício Coelho Silva Penna-RS;
Cartões amarelos: Maurício Barbieri, Pedrinho e Jadsom (Red Bull Bragantino); Matheus Galdezani, Edson, Jonas e Lucas Araújo (BAH);
Gols: Artur, aos 21 min do 1T, Luan Candido, aos 4 min do 2ºT, Cuello, aos 22 min do 2ºT (Red Bull Bragantino); Gilberto, aos 15 e aos 18 min do 1ºT, e Jonas, aos 40 min do 2ºT (BAH).

Red Bull Bragantino: Julio Cesar; Aderlan, Léo Ortiz, Natan e Luan Candido; Jadsom (Eric Ramires), Lucas Evangelista e Cuello; Artur, Ytalo e Pedrinho (Alerrandro). Técnico: Maurício Barbieri.

Bahia: Mateus Claus; Renan Guedes, Conti, Luiz Otávio e Matheus Bahia; Patrick de Lucca (Lucas Araújo), Matheus Galdezani (Jonas) e Thaciano (Óscar Ruíz); Rossi (Maycon Douglas), Gilberto e Rodriguinho (Alesson). Técnico: Dado Cavalcanti.

fonte; https://www.redbullbragantino.com.br/noticia/empate-na-segunda-rodada

Comentários Facebook

Esportes

Três pontos na conta! Ju bate a Chape e sobe na tabela da Série A

Publicado


Três pontos na conta! Ju bate a Chape e sobe na tabela da Série A

Foto: Fernando Alves / E.C.Juventude

O Juventude precisou de cinco minutos para decidir a partida diante da Chapecoense na noite desta segunda-feira (26/07), no Jaconi. Com mais um gol do artilheiro Matheus Peixoto, aos 4 minutos da etapa inicial, o Verdão bateu a equipe catarinense por 1×0, chegou aos 16 pontos e subiu para a 12ª colocação na classificação. Melhor Gaúcho na competição, o time de Marquinhos Santos abre cinco pontos da zona de rebaixamento e se aproxima do pelotão de frente da Série A.

O jogo

Foi uma semana de muito trabalho para o Juventude, que entrou em campo repleto de desfalques. Forster, Michel Macedo e Elton (que já ficaria de fora por lesão no joelho) testaram positivo para Covid-19. Castilho e Paulinho Boia, suspensos, também se tornaram baixas. Marquinhos Santos, expulso na rodada anterior, comandou de longe através de seu auxiliar Eduardo Barros.

Mesmo com as dificuldades, foi o ímpeto inicial como mandante que definiu a partida. Aos 4, Paulo Henrique recebeu no corredor direito e alçou na cabeça de Matheus Peixoto, que subiu bem e desviou no canto direito do goleiro João Paulo. Cruzamento e finalização: nota 10. 1 x 0.

  Internacional segue preparação para enfrentar o Palmeiras

Leia mais:  Timão tem coletivo no segundo dia de treinos de olho no Sport

Mesmo na frente, o Ju não parou de atacar. Aos 11, Sorriso recebeu na frente, ganhou da marcação e soltou a bomba de canhota, com perigo. Aos 21, de novo Sorriso. De canhota, a joia da base alviverde finalizou por cima, em outra boa oportunidade.

Sem espaços, a Chapecoense encontrava dificuldades e parava no forte sistema de marcação do Juventude. Na única tentativa do primeiro tempo, aos 30, Carné apareceu para fazer fácil defesa em chute de Baxola.

Se o primeiro tempo foi de superioridade do Juventude, a segunda etapa apresentou um confronto mais equilibrado, mas sem chances claras de gol. Bem postado defensivamente, o Ju soube neutralizar praticamente todos os ataques do adversário. E o Verdão ainda teve um gol anulado. Aos 43, Bruninho finalizou de fora da área, a bola desviou em Chico e enganou o goleiro. O VAR, porém, indicou que a bola bateu na mão do jogador alviverde antes de entrar.

O próximo compromisso do Verdão seria diante do Fluminense, no Rio de Janeiro. Porém, por um ajuste de calendário, esta partida foi adiada para data ainda não definida pela CBF. Neste caso, o Juventude volta a campo para enfrentar o Atlético Mineiro, dia 08, no Jaconi.

  Internacional faz último treino de 2020

Leia mais:  Timão inicia preparação para duelo contra o Bahia

fonte: https://www.juventude.com.br/noticias/tres-pontos-na-conta-ju-bate-a-chape-e-sobe-na-tabela-da-serie-a

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana