conecte-se conosco

Polícial

Polícia resgata mais dois pit bulls que eram treinados pra lutar em rinha

Publicado

Mais dois cachorros da raça pit bull foram resgatados neste domingo (22), pela equipe do delegado Matheus Laiola, da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA). Os dois cães eram treinados e instigados pelos criadores pra lutar no esquema de rinha internacional descoberto pela DPMA em Mairiporã, São Paulo. A ação deste domingo é uma continuidade do trabalho feito na última terça-feira (17), quando foram resgatados outros cinco cães de um treinador de Curitiba que é suspeito de levar os animais para as rinhas internacionais. Os eventos eram verdadeiras barbáries, com cães bombados, churrascos de pit bull e muitas outras atrocidades.

Segundo o delegado, da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), naquele dia era para sete cães terem sidos resgatados, mas um dos suspeitos acabou tirando estes dois do local, em São José dos Pinhais. “São dois cães da raça pit bull, que estão com ferimentos e com a língua cortada. Foram extremamente dóceis com a equipe, mas ficavam muito estressados quando eram colocados com outros”, explicou o delegado à Tribuna.

Leia mais:  Operação Hórus apreende carreta com 900 caixas de cigarros paraguaios em Guaíra

Os dois cachorros foram levados para a Clínica Vet Produtor, da Casa do Produtor, onde receberam o tratamento de praxe, como análise corporal e outros exames. Depois, serão encaminhados ao Instituto Fica Comigo, uma organização sem fins lucrativos que tem como objetivo ajudar animais.

Comentários Facebook

Polícial

Rapaz não aceita o termino, mata ex-namorada carbonizada e comete suicídio em Mato Grosso

Publicado

Rapaz não aceita o termino, mata ex-namorada carbonizada e comete suicídio, aponta Polícia

Dois corpos foram encontrados na manhã deste sábado (27), próximo do Parque de Exposições de Santa Carmem (531 km ao Norte de Cuiabá). Um deles a polícia acredita que seja de uma professora de 25 anos. Ele estava carbonizado dentro de um veículo – também destruído pelo fogo. O outro já foi identificado e é de um rapaz de 20 anos, que estava enforcado perto do carro. Ao que tudo indica, o crime foi passional e pode ter sido um feminicídio seguido de suicídio.

Conforme as informações obtidas pelo , o caso foi registrado por volta das 6h30, quando testemunhas encontraram o corpo de Carlos Eduardo Cordeiro da Luz, 20, pendurado por uma fita reboque. A ocorrência de suicídio tomou outra proporção quando, cerca de 5 metros do local, havia um carro queimado com um corpo dentro.

Diante do flagrante, o local foi isolado, Polícia Civil e Perícia Oficial de Identificação Técnica (Politec) foram acionadas. Constatou que o carro estava em nome de Keylane Costa Martins, 25, apontada como a possível vítima carbonizada. Além de o veículo estar no nome dela, a jovem não foi localizada pela Família. Keylane e Carlos tiveram um relacionamento, mas ele não aceitava o término e insistia em uma volta.

Leia mais:  Homens invadem casa, fazem reféns e roubam mais de R$ 2 mil em cheque

Segundo a Polícia, Carlos já tinha histórico de violência doméstica e inclusive foi preso pelo crime em outubro de 2019. Perícia apontou que perto do rosto e do pescoço de Carlos haviam arranhões, o que pode significar uma tentativa de defesa da vítima, que acabou sendo morta e queimada pelo companheiro e em seguida, tirou sua própria vida.

Como o corpo de Carlos estava conservado, ele acabou sendo identificado por populares. As famílias foram avisadas por telefone. Mas, apesar de todos os indícios, a confirmação de que o corpo é de Keylane só será feita após um exame da Perícia.

Nas redes sociais, amigos já começam manifestam o luto por Keylane. Ela era pedagoga e ainda cursava arquitetura e urbanismo. Os corpos foram removidos pela Politec e o caso será investigado pela Polícia Civil de Sinop.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana