conecte-se conosco

Geral

Pela primeira vez, Virtus passa Prisma nas vendas do mês

Publicado

Volkswagen Virtus: sedã compacto, mas com espaço de médio, modelo tem sido bem aceito no mercado brasileiro

No sobe e desce das vendas de junho, um dos principais destaques fica por conta do sedã compacto VW Virtus, que se torna o modelo mais vendido do segmento no mês, conforme os números divulgados pela Fenabrave (Federação dos Distribuidores de Veículos). O modelo da marca alemã teve 4.205 unidades vendidas no mês passado ante 3.977 do Chevrolet Prisma.

No caso do VW Virtus , na comparação com as vendas de maio (4.271 unidades), o carro teve uma queda de 1,6%, índice bem menor que os 20,8% do Prisma, que chegou a ter 5.022 unidades vendidas em maio último. Entretanto, no acumulado do primeiro semestre de 2018, o modelo da GM continua sendo o sedã compacto mais vendido, com 32.015 unidades, ante 16.937 do Virtus.

Chevrolet Prisma ainda é o sedã mais vendido do País nas vendas acumuladas do ano
Divulgação

Chevrolet Prisma ainda é o sedã mais vendido do País nas vendas acumuladas do ano

Vale lembrar que o Chevrolet Prisma parte de R$ 48.390, bem menos que o valor mínimo do Virtus (R$ 61.390), embora o Volkswagen tenha mais espaço, equipamentos e motor 1.6 de 117 cv e não o 1.0 de 80 cv do GM. Interessante também é que partindo para a versão LT, com novo desenho mais equipamentos e motor 1.4 de 106 cv, o preço do Prisma salta para R$ 59.290 sem nenhum opcional, aproximando-se bastante do rival.

Leia mais:  Aquisição de sementes terá orçamento de R$ 7 milhões e novos critérios em 2018

Outro ponto que chama atenção é que o Virtus MSI 1.6 mais em conta pode receber pacote com controles eletrônicos de estabilidade e tração, itens que o Prisma não tem nem como opcional. Com o tal pacote, o sedã da Volkswagen passa a custar R$ 62.742, valor menor que a versão topo de linha do Prisma (R$ 64.290), bem equipado, mas sem os controles eletrônicos de estabilidade e tração.

LEIA MAIS: Chevrolet Prisma chega à linha 2019 com uma série de novidades

Mercado em compasso de espera

Vendas de junho ficaram estáveis em relação ao mês anterior.  Espera-se que o mercado cresça 9,7% em 2018
Divulgação

Vendas de junho ficaram estáveis em relação ao mês anterior. Espera-se que o mercado cresça 9,7% em 2018

 Ainda conforme o balanço da Fenabrave, as vendas de junho ficaram estáveis em relação ao mês anterior. Foram 195.066 unidades ante 194.111 de maio, o que representa uma levíssima alta de 0,08%. Sempre levando em conta as vendas de automóveis e comerciais leves, a marca mais vendida se mantém na liderança, com 16,6% de participação no mercado.

A segunda colocada no ranking das fabricantes mais vendidas é a Volkswagen, com 14,9%, seguida de perto pela Fiat (14,1%). Em quarto lugar, a Renault atingiu 10,2% de participação no mercado brasileiro, ultrapassando a Ford, com 9,6%.  No acumulado do ano, a GM se mantém na frente, com 16,4%, com a Volkswagen (14,8%) em segundo a Fiat (13 %) em terceiro. A Ford (9,5%) aparece em quarto e a Hyundai (8,6%) em quinto.

Leia mais:  Coritiba encara o Criciúma no retorno da disputa da Série B

Espera-se que a chegada da nova versão 1.6 automática do VW Virtus, até o final do ano, aumente ainda mais as vendas do modelo que é derivado do Polo e conta com espaço interno compatível com o dos médios, apesar de estar situado no segmento de compactos.

 

Fonte: IG

Comentários Facebook

Geral

PF desarticula quadrilha que roubava funcionários dos Correios na Grande Curitiba

Publicado

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta a segunda fase da operação Mascarados, que tem como o objetivo de desarticular grupo suspeito de efetuar seis roubos contra funcionários dos Correios no ano de 2020, em Curitiba e Colombo, no Paraná. Os fatos criminosos ocorreram no mês de dezembro, quando um grande volume de mercadorias SEDEX são distribuídas pelos Correios, em razão das compras de natal.

Conforme foi identificado na investigação policial, os criminosos utilizaram arma de fogo para praticar o crime, abordando o carteiro e roubando o veículo de distribuição. A subtração dos objetos postais do veículo ocorria de forma rápida em um ponto ainda próximo ao local dos fatos, ocorrendo o transbordo para um veículo dos suspeitos. A divisão dos objetos roubados era realizada em uma das residências dos investigados, no município de Colombo/PR.

A prisão no dia de hoje ocorreu no município de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. O preso será indiciado pelo crime de receptação e roubo qualificado, cuja pena pode chegar a 15 anos de reclusão.

Leia mais:  Campanha de vacinação contra a gripe é retomada em Ivaiporã

O mandado judicial foi expedido 9ª Vara da Justiça Federa em Curitiba/PR.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana