conecte-se conosco

Esportes

“Mais uma vez, cumprimos nossa obrigação”, diz António Oliveira

Publicado


O Athletico teve paciência, espírito de sacrifício e um bom repertório de jogadas para superar o jogo defensivo do Metropolitanos. Essa é a avaliação do técnico António Oliveira sobre a partida desta quarta-feira (28), pela CONMEBOL Sul-Americana.

A vitória de 1 a 0 sobre o time da Venezuela deixa o Athletico com seis pontos no Grupo D da competição. E segundo o treinador rubro-negro, a equipe está de parabéns por ter conquistado seu objetivo nas primeiras rodadas.

“Todos os pontos são importantes em uma competição tão curta. São seis jogos onde um pequeno deslize pode ser fatal. Portanto, mais uma vez, cumprimos a nossa obrigação. Conquistamos os três pontos mais uma vez com a baliza sem sofrer gols, o que nos agrada muito. E tivemos um volume ofensivo muito grande”, avaliou.

Para António Oliveira, o Furacão conseguiu fazer o que era necessário para superar uma equipe com uma postura extremamente defensiva.

“É evidente que não é fácil jogar contra uma equipe muito fechada, com uma densidade de jogadores muito grande na faixa central, o que nos obrigou que jogássemos muito por fora e tentássemos sempre que possível finalizar à meia distância. Foi preciso não reter muito a bola e criar sempre movimentos para gerar espaços. E os espaços que o adversário ofereceu sempre que possível nós conquistamos”, disse.

  Furacão não supera o Corinthians com um jogador a menos e perde de 1 a 0

Leia mais:  Abel Ferreira comanda treino tático e fecha preparação para duelo com a Chape

“Ficam os três pontos. Ficam uma entrega, uma solidariedade e um espírito de sacrifício enorme dos jogadores. Eles são mais uma vez os grandes merecedores dessa vitória. Não existem, no futebol moderno, jogos fáceis. Em dois jogos, cumprimos nossa obrigação e conquistamos seis pontos”, ressaltou.

Fonte: https://www.athletico.com.br/noticia/mais-uma-vez-cumprimos-nossa-obrigacao-diz-antonio-oliveira/

Comentários Facebook

Esportes

Santos FC empata em 0 a 0 com Sport na Arena Pernambuco

Publicado


O Santos FC empatou com o Sport em 0 a 0 pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, jogando na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE).

O próximo compromisso do Peixe acontece no próximo sábado (23), às 17 horas, diante de sua torcida, na Vila Belmiro. O adversário será o América-MG em confronto válido pela 28ª rodada do Brasileirão.

O jogo

O Alvinegro Praiano chegou ao ataque com perigo aos onze minutos de jogo. Marinho avançou em velocidade pela direita e acertou cruzamento preciso para Raniel finalizar de cabeça. A bola, no entanto, parou nas mãos do goleiro Maílson.

Com dezesseis minutos, Carlos Sánchez recebeu passe de Camacho aberto pela esquerda da entrada da área. O uruguaio arriscou finalização colocada e fez a bola passar a poucos centímetros do ângulo esquerdo do goleiro do Sport.

Já aos 41 minutos da primeira etapa, Lucas Braga recebeu cruzamento do lado esquerdo da grande área e tentou a finalização colocada, mandando a bola no pé da trave esquerda. No rebote, Braga tentou nova finalização, mas foi bloqueado por Rafael Thyere.

  Ju bate o Sport no Jaconi e conquista primeira vitória no Brasileirão

Leia mais:  Série A: Na Arena Castelão, Ceará sai na frente, mas sofre virada para o Bahia

No segundo tempo o Santos resistiu bem às investidas da equipe da casa, mas também não conseguia chegar com perigo ao gol adversário.

Aos 38 minutos da etapa, o Lucas Braga recebeu pela esquerda do ataque, se livrou dos marcadores e conseguiu finalizar para o gol. Sem muita força, a bola acabou ficando nas mãos de Maílson

Pouco depois, aos 41, Marinho bateu falta alçando a bola à área e encontrou o zagueiro uruguaio Emiliano Velázquez. Na tentativa da finalização de cabeça a bola acabou passando por cima do travessão.

FICHA TÉCNICA

SPORT 0 X 0 SANTOS
Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE)
Público: 5.272
Renda: R$193.550,00
Data: domingo, 17 de outubro de 2021
Horário: 20h30
Árbitro: Anderson Daronco
Assistentes: Rafael da Silva Alves e Michael Stanislau
Cartões Amarelos: (SFC) Carlos Sánchez, Wagner e Madson (SPO) Sander
Gols: (SFC)
Santos FC: Jandrei; Danilo Boza, Velázquez e Wagner (Felipe Jonatan); Marcos Guilherme (Madson), Camacho, Vinícius Zanocelo, Carlos Sánchez (Luiz Henrique) e Lucas Braga; Marinho (Ângelo) e Raniel (Diego Tardelli). Técnico: Fábio Carille
Sport: Maílson; Ewerthon, Sabino, Rafael Thyere e Sander; Marcão Silva, José Welison e Luciano Juba (Paulinho Moccelin); Gustavo Oliveira (Tréllez), Mikael e Everaldo (Leandro Barcia). Técnico: Gustavo Florentín

  Na volta da torcida ao Morumbi, Tricolor empata com o Santos

Leia mais:  Wesley do Palmeiras joga após três meses fora por lesão

(Texto: Tiago Maestre (Estagiário) com supervisão de Fábio Maradei (Gerente de Comunicação) e Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana