conecte-se conosco

Esportes

Inter perde para Vitoria e se despede da Copa do Brasil

Publicado


“Vimos muitos vídeos em que o Inter era favorito. Que jogando mal poderia dar 3 a 0 na gente. E não é assim, não. Tem que respeitar o Nordeste. Palavra de Deus diz que exalta o humilhado e rebaixa o soberbo”.

As palavras de Samuel, em entrevista ao SporTV, resumem o sentimento dos jogadores do Vitória após a classificação. Desacreditados após a derrota em Salvador, os guerreiros deram a volta por cima e silenciaram o Gigante do Beira-Rio com uma vitória categórica sobre o Internacional.

O Vitória está mais uma vez nas oitavas de final da Copa do Brasil. A última tinha sido no ano de 2018 e, coincidentemente, após eliminar o Inter. Só que naquele ano, o Rubro-Negro perdeu no jogo de ida no Beira-Rio, venceu o de volta no Barradão, e na decisão por pênaltis assegurou a vaga.

Este ano, o caminho foi inverso. Derrotado por 1 a 0 no Barradão, o Leão precisava vencer por dois gols de diferença e tinha contra si um retrospecto desfavorável. Nas duas vezes que tinha ganho do Inter, no Beira-Rio, foi por 1 a 0.

  Confronto entre Internacional com o Boca Juniors é adiado

Leia mais:  Fortaleza goleia o Ceará e esta nas oitavas da Copa do Brasi

Nesta quinta-feira (10), o Vitória foi gigante. Não tomou conhecimento do pseudo favoritismo dos gaúchos e sapecou 3 a 1. Por isso, nada mais justo que a eufórica vibração dos jogadores e integrantes da comissão técnica ao final do jogo. No gramado do Beira-Rio e no vestiário.

“Tem que respeitar o Nordeste. Nosso grupo é forte e pode ir muito longe na competição. Fruto do nosso trabalho. A gente vem trabalhando muito forte”, afirmou Samuel, que dedicou a vitória ao ex-técnico Rodrigo Chagas.

FONTE: https://ecvitoria.com.br/de-novo-nas-oitavas/

Comentários Facebook

Esportes

Santos FC empata em 0 a 0 com Sport na Arena Pernambuco

Publicado


O Santos FC empatou com o Sport em 0 a 0 pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, jogando na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE).

O próximo compromisso do Peixe acontece no próximo sábado (23), às 17 horas, diante de sua torcida, na Vila Belmiro. O adversário será o América-MG em confronto válido pela 28ª rodada do Brasileirão.

O jogo

O Alvinegro Praiano chegou ao ataque com perigo aos onze minutos de jogo. Marinho avançou em velocidade pela direita e acertou cruzamento preciso para Raniel finalizar de cabeça. A bola, no entanto, parou nas mãos do goleiro Maílson.

Com dezesseis minutos, Carlos Sánchez recebeu passe de Camacho aberto pela esquerda da entrada da área. O uruguaio arriscou finalização colocada e fez a bola passar a poucos centímetros do ângulo esquerdo do goleiro do Sport.

Já aos 41 minutos da primeira etapa, Lucas Braga recebeu cruzamento do lado esquerdo da grande área e tentou a finalização colocada, mandando a bola no pé da trave esquerda. No rebote, Braga tentou nova finalização, mas foi bloqueado por Rafael Thyere.

  Ju bate o Sport no Jaconi e conquista primeira vitória no Brasileirão

Leia mais:  Palmeiras fica à frente do placar três vezes e bate Santos por 3 a 2 pelo Paulista

No segundo tempo o Santos resistiu bem às investidas da equipe da casa, mas também não conseguia chegar com perigo ao gol adversário.

Aos 38 minutos da etapa, o Lucas Braga recebeu pela esquerda do ataque, se livrou dos marcadores e conseguiu finalizar para o gol. Sem muita força, a bola acabou ficando nas mãos de Maílson

Pouco depois, aos 41, Marinho bateu falta alçando a bola à área e encontrou o zagueiro uruguaio Emiliano Velázquez. Na tentativa da finalização de cabeça a bola acabou passando por cima do travessão.

FICHA TÉCNICA

SPORT 0 X 0 SANTOS
Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE)
Público: 5.272
Renda: R$193.550,00
Data: domingo, 17 de outubro de 2021
Horário: 20h30
Árbitro: Anderson Daronco
Assistentes: Rafael da Silva Alves e Michael Stanislau
Cartões Amarelos: (SFC) Carlos Sánchez, Wagner e Madson (SPO) Sander
Gols: (SFC)
Santos FC: Jandrei; Danilo Boza, Velázquez e Wagner (Felipe Jonatan); Marcos Guilherme (Madson), Camacho, Vinícius Zanocelo, Carlos Sánchez (Luiz Henrique) e Lucas Braga; Marinho (Ângelo) e Raniel (Diego Tardelli). Técnico: Fábio Carille
Sport: Maílson; Ewerthon, Sabino, Rafael Thyere e Sander; Marcão Silva, José Welison e Luciano Juba (Paulinho Moccelin); Gustavo Oliveira (Tréllez), Mikael e Everaldo (Leandro Barcia). Técnico: Gustavo Florentín

  Na volta da torcida ao Morumbi, Tricolor empata com o Santos

Leia mais:  No Sesc, América Sub-17 derrota o Ceará por 1 a 0

(Texto: Tiago Maestre (Estagiário) com supervisão de Fábio Maradei (Gerente de Comunicação) e Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana