conecte-se conosco

Mundo

Idosa de 83 anos é atingida por escolta do comboio do Príncipe William e Kate

Publicado

Reuters

Uma idosa de 83 anos foi atingida por uma moto que fazia a escolta do príncipe William e Kate Middleton na segunda-feira (17), informou a agência de notícias Reuters. A vítima, Irene Mayor, foi levada ao hospital e está em estado grave, mas estável, disse a polícia.

O jornal britânico “The Sun”, citando testemunhas, disse que a escolta estava do lado errado da estrada, limpando o tráfego para o comboio do casal, quando o incidente aconteceu. William e Kate viajavam de Londres para Windsor, um trajeto de cerca de 40km, para celebrar a Ordem da Jarreteira na Capela de São Jorge.

O casal real ficou “profundamente preocupado e entristecido” ao saber do acidente, segundo uma porta-voz, e um membro de sua equipe visitou a mulher e entregou flores.

“Suas Altezas Reais enviaram seus melhores cumprimentos a Irene e sua família, e vai manter contato durante todas as etapas de sua recuperação”, disse a porta-voz.

O órgão de fiscalização policial da Grã-Bretanha disse que está investigando o caso.

Em janeiro, outra mulher foi ferida em um acidente de carroenvolvendo o príncipe Philip perto de uma das propriedades da família real, Sandringham. O Land Rover que Philip estava dirigindo virou. O príncipe, de 98 anos, não se feriu e voluntariamente entregou sua carteira de motorista logo depois.

Leia mais:  Índices da China fecham em máxima de mais de 2 meses por alívio com trégua comercial

Comentários Facebook

Mundo

Índices da China fecham em máxima de mais de 2 meses por alívio com trégua comercial

Publicado

Por Reuters

 O mercado acionário chinês terminou no nível mais alto em mais de dois meses nesta segunda-feira (1), impulsionado pelas expectativas de um fim na guerra comercial entre Estados Unidos e China depois que os países concordaram em retomar as negociações e que os EUA disseram que irão adiar mais tarifas.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, terminou com alta de 2,88%, enquanto o índice de Xangai subiu 2,22%.

Embora não tenha havido sinais de progresso em importantes pontos da disputa comercial, a promessa de mais negociações e as concessões oferecidas pelo presidente dos EUA, Donald Trump, incluindo um alívio das restrições à Huawei, sustentou os mercados.

“Acreditamos que os resultados alcançados na cúpula do G20 ajudarão a melhorar o sentimento e entusiasmo do investidor, e esperamos que a recuperação do mercado continue”, disse Yan Xiang, analista do Guosen Securities.

Embora Trump tenha dito que as negociações estão “de volta aos trilhos”, as tarifas atuais continuam em vigor e a reunião com o presidente chinês, Xi Jinping, não resultou em nenhum prazo para um avanço no acordo.

Leia mais:  Grécia realizará eleições antecipadas no dia 7 de julho

Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 2,13%, a 21.729 pontos. Em HONG KONG, o índice HANG SENG permaneceu fechado. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 2,22%, a 3.044 pontos.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 2,88%, a 3.935 pontos. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,04%, a 2.129 pontos.

Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 1,53%, a 10.895 pontos. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se 1,52%, a 3.372 pontos. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,44%, a 6.648 pontos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana