conecte-se conosco

Norte do Estado

Grupamento ambiental de Arapongas totaliza 605 atendimentos em 2019 Por Da redação, TNOnline

Publicado

A Prefeitura de Arapongas, através da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Trânsito (Sestran) divulgou nesta quarta-feira (08) o relatório de atividades referentes à atuação do Grupamento de Defesa Ambiental (GDA) durante 2019. Ao longo de todo o ano, foram registrados 605 atendimentos.

Entre os destaques constam fiscalizações  de locais com disposição e descarte de resíduos sólidos, contaminações hídricas, queimadas, desmatamento, maus tratos de animais, posse irregular de pássaros silvestres, entre outros. “No ano passado, houve também o aumento considerável nas ocorrências envolvendo a captura de animais silvestres no perímetro urbano, entre eles, capivaras, lagartos, tatus, ouriços e gambás. Vale salientar que a atuação do GDA conta com a parceria da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, para melhor eficácia na prestação dos serviços”, enfatiza o secretário de Segurança Pública, Paulo Argati.

Existente desde 2011 em Arapongas, o GDA busca através das fiscalizações o monitoramento e ações pontuais no combate a crimes ambientais e demais formas de agressões ao meio ambiente.

“O GDA executa ações em todo o território de Arapongas, visando contribuir na gestão ambiental e no apoio a toda a população. Esperamos para esse ano um ritmo ainda mais produtivo de trabalho”, diz Argati.

Em casos de irregularidades ambientais e demais informações, a população pode entrar em contato através do telefone: 153(GUARDA MUNICIPAL), ou 3902-1194(MEIO AMBIENTE).

Leia mais:  Ex-sócio de empresário morto a tiros em Maringá se entrega à polícia

Comentários Facebook

Norte do Estado

Duplicação de Londrina a Mauá da Serra terá investimento de R$ 148 milhões

Publicado

Duplicação de Londrina a Mauá da Serra terá investimento de R$ 148 milhões

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) divulgou nesta segunda-feira (22) o resultado final da licitação para duplicar a PR-445 entre Mauá da Serra e o distrito de Lerroville, de Londrina, na região Norte. O consórcio DT PR 445, composto pelas empresas Dp Barros Pavimentação e Construção Ltda. e Tríade Pavimentações S.A., foi declarado vencedor por ter feito a proposta de preço mais vantajosa à administração pública, de R$ 148.032.561,17, e por ter toda a sua documentação habilitada. As demais participantes têm cinco dias úteis, até as 18h do dia 26 de novembro, para protocolarem recursos quanto ao resultado da licitação, seguido por outros cinco dias para contrarrazões, caso algum recurso seja interposto. Na sequência será publicada a homologação do resultado e adjudicação da realização da obra à vencedora, seguidas por trâmites internos para assinatura do contrato. Estão previstas a duplicação de 27,07 quilômetros da PR-445, implantação de um viaduto no acesso ao município de Tamarana, vias marginais entre Tamarana e Lerroville, uma rótula no acesso para Lerroville, pontes sobre os rios Santa Cruz e Apucaraninha, onze retornos em nível, a correção da geometria em sete curvas consideradas críticas, e restauração da pista existente. A pista nova terá duas faixas de rolamento de 3,60 m cada, em sentido único, e acostamento externo de 2,50 m, separada da pista atual por um canteiro central de 7 m a 9 m de largura e faixa de segurança de 60 centímetros de cada lado, na maior parte do trecho. No local onde não será possível o canteiro, as pistas serão separadas por barreira rígida de concreto New Jersey, com faixa de segurança interna de 1 metro de largura em cada lado. O prazo para concluir a obra é de 18 meses após assinatura do contrato e emissão da ordem de serviço. Serão beneficiados diretamente os mais de 25 mil habitantes de Mauá da Serra e Tamarana, além de todo o tráfego de veículos entre Londrina e Curitiba, ou entre Londrina e Paranaguá.

Leia mais:  MP recomenda exoneração de parte dos comissionados da Câmara de Campo Mourão

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana