conecte-se conosco

Cidades

Falha mecânica em trem atrasa viagem e deixa turistas frustrados no meio do recesso do feriado

Publicado

Tribuna Paraná

Um problema no percurso acabou tirando a beleza do passeio turístico de aproximadamente 600 passageiros que estavam no trem da Serra Verde Express nesta sexta-feira (21). O trem, que saiu de Morretes, no litoral do Paraná, com destino a Curitiba, apresentou problemas técnicos depois de uma hora do começo da viagem. Começava aí o trauma dos passageiros, muitos que vieram até de outras regiões do país e acabaram frustrados.

Conforme o relato de quem estava no trem, ao portal Diário do Transporte, a informação passada pelos funcionários da Serra Verde Express foi a de que houve um problema em uma das locomotivas. Por conta desta avaria, foi preciso o apoio de um reboque da empresa Rumo, que administra a ferrovia.

As pessoas contaram que o trem, que estava previsto para sair de Morretes às 16h, saiu depois das 18h, o que fez com que toda a paisagem ficasse apagada pela escuridão. Os passageiros não conseguiram avistar sequer o começo dos pontos do passeio na ferrovia, que é uma das mais famosas do país, por já estar no começo da noite.

Leia mais:  Governo do Estado promete abrir novos concursos e contratar mais 6 mil novos servidores

Até por volta das 21h, o trem ainda não tinha concluído a viagem e isso fez com que os cerca de 600 passageiros ficassem não só irritados, mas também com medo. Por causa do horário, trem turístico teve que fazer várias paradas que geralmente não acontecem no trajeto, para que os trens de carga pudessem passar, já que o trilho é compartilhado.

Segundo o relato de quem estava no trem, em vez de ver os pontos tradicionais no trajeto que liga a cidade do litoral a capital paranaense, como cachoeiras, túneis e estações históricas, os passageiros viram só mato e escuridão. Quem estava a bordo do trem disse que não chegou a passar por nenhum ponto turístico antes que apresentasse a falha mecânica.

Ainda de acordo com os passageiros, a Serra Verde Express se comprometeu a reagendar o passeio ou ressarcir os valores das passagens. Na manhã deste sábado (22), a reportagem da Tribuna do Paraná apurou que algumas pessoas procuraram a empresa diretamente, na Rodoferroviária de Curitiba, para solicitar o reembolso ou remarcar a passagem.

Leia mais:  Recém-nascido morre afogado com leite materno em Pato Branco

Posicionamento da empresa

Por meio de sua assessoria de imprensa, a Serra Verde Express informou que houve um problema mecânico na locomotiva que puxa o trem. Essa locomotiva, que é da Rumo, parou de funcionar e foi preciso trocar de equipamento, num processo que não é simples e nem rápido.

Ainda de acordo com a Serra Verde, “durante todo o tempo em que o trem ficou parado os passageiros tiveram assistência. Todos os passageiros tiveram a opção de refazer o passeio se tiverem vontade”.

Comentários Facebook

Cidades

Prefeito evangélico é alvo de macumba em Mato Grosso

Publicado

O prefeito Jeferson Ferreira Gomes (DEM), de Comodoro, extremo oeste de MT, que é evangélico, foi surpreendido por um “despacho espiritural” no cemitério da cidade. A informação é do site Olhar Direto.

Segundo a publicação, o despacho foi descoberto na primeira quinzena neste mês.

No local havia um papel com nome do prefeito em cruz, garrafa de cachaça e um sapo morto. Tudo junto e misturado. O “trabalho” foi descoberto por uma moradora que visitava o túmulo de parente.

O despacho estava na porta, com terra de cemitério sobre o nome.

Não se sabe por quais motivos, alguém deseja a morte do prefeito, que não comentou o assunto.

Mistério!

Comentários Facebook
Leia mais:  Governo do Estado promete abrir novos concursos e contratar mais 6 mil novos servidores
Continue lendo

Mais Lidas da Semana