conecte-se conosco

Londrina

Ex-policial acusado de matar três pessoas e tentar assassinar outras duas é morto a tiros, diz PM

Publicado

O ex- policial militar Marcelo Bonfim Ledo, acusado de matar três pessoas e tentar assassinar outras duas, foi morto em uma estrada do distrito de Lerroville, em Londrina, no norte do Paraná, nesta terça-feira (5).

Marcelo Ledo era réu em sete processos judiciais. Ele chegou a ser preso, mas por ordem do Tribunal de Justiça foi autorizado a responder pelos crimes em liberdade. Um dos julgamentos estava previsto para ocorrer em agosto deste ano.

 

Conforme as investigações da polícia, Ledo atirou em 22 pessoas, sendo que 14 delas morreram. Em um carro branco, o ex-policial se aproximava das vítimas e atirava com um rifle com silenciador.

Emboscada

De acordo com a Polícia Militar (PM), Ledo estava em uma moto com a esposa quando foi morto. Os dois estavam na estrada que liga o distrito de Lerroville a Tamarana.

A PM afirma que a moto do ex-policial foi fechada por um carro onde estavam ao menos dois homens armados. Estas pessoas desceram e atiraram várias vezes.

Leia mais:  Gaeco apreende caixas de máscaras, óculos e luvas armazenadas ilegalmente por empresas de Londrina

A polícia não soube informar quantos tiros foram disparados e quantas pessoas são suspeitas do crime. No local foram encontradas cápsulas de munição de 9 mm e de calibre 12.

Ambulâncias dos bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram até o local. O ex-policial morreu no local. O corpo dele será levado ao Instituto Médico-Legal de Londrina.

A esposa de Marcelo Ledo foi socorrida em estado grave e levada para um hospital de Londrina.

Comentários Facebook

Londrina

Coronavírus: Decreto libera a celebração de cultos religiosos presenciais em Londrina

Publicado

Um decreto publicado na noite de quarta-feira (15) pela Prefeitura de Londrina, no norte do Paraná, liberou a realização de cultos religiosos presenciais na cidade.

De acordo com o documento, os cultos podem acontecer desde que estejam limitados a 30% da ocupação do local. O espaço deve estar organizado de uma maneira que os fiéis mantenham distanciamento de dois metros entre si.

A medida determina que as pessoas só podem ir aos cultos usando máscaras. Os estabelecimentos devem fornecer álcool gel 70% nas entradas e saídas dos cultos.

Os cultos estão liberados para acontecer das 8h às 20h, com uma diferença de pelo menos duas horas entre cada celebração.

Crianças, idosos e pessoas com doenças crônicas não devem participar das celebrações presenciais, segundo o decreto.

Apesar da liberação pela prefeitura, as paróquias católicas da cidade informaram que continuaram fechadas para celebrações presenciais até o dia 31 de julho.

Comentários Facebook
Leia mais:  Gaeco apreende caixas de máscaras, óculos e luvas armazenadas ilegalmente por empresas de Londrina
Continue lendo

Mais Lidas da Semana