conecte-se conosco

Esportes

Corinthians é superado pelo Atlético-GO na estreia no Brasileirão 2021

Publicado



O Corinthians viveu duas estreias na noite deste domingo (30). A equipe alvinegra fez o seu primeiro jogo na edição 2021 do Campeonato Brasileiro da Série A, enfrentando o Atlético-GO em sua casa, a Neo Química Arena. Além disso, foi a primeira vez do técnico Sylvinho, contratado na última terça-feira (25), à frente do clube alvinegro. Dentro de campo, o Timão lutou muito, mas foi superado por 1 a 0 na Casa do Povo.
O Corinthians buscou o melhor entrosamento nos minutos iniciais de sua estreia no Brasileirão, bem como a adaptação ao gramado molhado por uma chuva que caiu momentos antes do apito inicial. A primeira chance veio aos seis minutos. O Timão roubou a bola no campo de ataque e Luan recebeu de Vital na intermediária, ajeitou e chutou de fora da área, e o goleiro defendeu.
Mesmo procurando a melhor adaptação no setor ofensivo, o Alvinegro seguiu tendo a maior parte da posse de bola, mas sem conseguir furar o bloqueio. A segunda oportunidade clara veio aos 18 minutos: após bate e rebate, Gustavo Silva recebeu na área pela esquerda e chutou, mas a bola desviou na zaga e saiu pela linha de fundo.
Aos 27 minutos, o Coringão teve grande chance: Mateus Vital dominou pela ala esquerda e lançou Ramiro na ponta oposta em profundidade. O camisa 8 chutou de primeira no canto direito e obrigou o goleiro adversário a fazer grande defesa, espalmando para o lado. Aos 32, nova oportunidade: Vital cruzou na área e a zaga afastou, e na sobra Piton de primeira no canto esquerdo, para nova defesa do goleiro.
A chuva aumentou e o jogo ficou mais difícil para as duas equipes, que tiveram dificuldade para trocar passes. Apesar disso, o time alvinegro seguiu atacando. Aos 44 minutos, o Atlético-GO abriu o placar em troca de passes pela direita e Zé Roberto chutou na saída de Cássio. O árbitro deu dois minutos de acréscimo, e apitou o fim do primeiro tempo pouco antes dos 47 minutos.
O Corinthians retornou dos vestiários com a mesma equipe que iniciou o confronto, realizando apenas ajustes táticos e de posicionamento. A primeira ocasião de perigo veio aos oito minutos, quando Ramiro e Gustavo Silva tabelaram e o camisa 8 cruzou na área, mas o goleiro defendeu.
O jogo ficou picotado e com muitas faltas no meio-campo. Para mudar isso, aos 14 minutos Sylvinho realizou a primeira mudança: saiu Roni e entrou Araos. Assim, Gustavo Silva se posicionou mais para o lado direito. E dois minutos depois o camisa 19 fez jogada individual, driblou um marcador, entrou na área e sofreu pênalti. Mateus Vital cobrou, e o goleiro adversário defendeu.
O Timão seguiu pressionando. Aos 20 minutos, em ataque rápido pelo centro do campo, Ramiro tocou para Luan e o camisa 7 chutou de fora da área, e a bola bateu na rede sobre o gol. Cinco minutos depois, Sylvinho fez mais duas mudanças: saíram Camacho e Mateus Vital e entraram Cantillo e Adson. Depois, aos 37, colocou Jô na vaga de Luan.
Nos minutos finais, a partida voltou a ficar muito parada com faltas. Aos 40, Jô foi lançado na área em profundidade e dividiu com o zagueiro e o goleiro adversários, e cabeceou para fora. O árbitro deu um total de sete minutos de acréscimo e o Corinthians seguiu tentando jogar, esbarrando nas seguidas paralisações promovidas pelo time adversário. No entanto, o resultado seguiu o mesmo até o apito final do árbitro.
COMENTE ABAIXO:

  Bahia enfrenta Fluminense em casa e se vencer pode encaminhar permanência

Leia mais:  Nino ignora tensão e promete time focado: "Vamos competir o tempo todo"

Comentários Facebook

Esportes

Santos FC empata em 0 a 0 com Sport na Arena Pernambuco

Publicado


O Santos FC empatou com o Sport em 0 a 0 pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, jogando na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE).

O próximo compromisso do Peixe acontece no próximo sábado (23), às 17 horas, diante de sua torcida, na Vila Belmiro. O adversário será o América-MG em confronto válido pela 28ª rodada do Brasileirão.

O jogo

O Alvinegro Praiano chegou ao ataque com perigo aos onze minutos de jogo. Marinho avançou em velocidade pela direita e acertou cruzamento preciso para Raniel finalizar de cabeça. A bola, no entanto, parou nas mãos do goleiro Maílson.

Com dezesseis minutos, Carlos Sánchez recebeu passe de Camacho aberto pela esquerda da entrada da área. O uruguaio arriscou finalização colocada e fez a bola passar a poucos centímetros do ângulo esquerdo do goleiro do Sport.

Já aos 41 minutos da primeira etapa, Lucas Braga recebeu cruzamento do lado esquerdo da grande área e tentou a finalização colocada, mandando a bola no pé da trave esquerda. No rebote, Braga tentou nova finalização, mas foi bloqueado por Rafael Thyere.

  Ju bate o Sport no Jaconi e conquista primeira vitória no Brasileirão

Leia mais:  Grêmio abre semana de treinos com foco na Sul-Americana

No segundo tempo o Santos resistiu bem às investidas da equipe da casa, mas também não conseguia chegar com perigo ao gol adversário.

Aos 38 minutos da etapa, o Lucas Braga recebeu pela esquerda do ataque, se livrou dos marcadores e conseguiu finalizar para o gol. Sem muita força, a bola acabou ficando nas mãos de Maílson

Pouco depois, aos 41, Marinho bateu falta alçando a bola à área e encontrou o zagueiro uruguaio Emiliano Velázquez. Na tentativa da finalização de cabeça a bola acabou passando por cima do travessão.

FICHA TÉCNICA

SPORT 0 X 0 SANTOS
Local: Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE)
Público: 5.272
Renda: R$193.550,00
Data: domingo, 17 de outubro de 2021
Horário: 20h30
Árbitro: Anderson Daronco
Assistentes: Rafael da Silva Alves e Michael Stanislau
Cartões Amarelos: (SFC) Carlos Sánchez, Wagner e Madson (SPO) Sander
Gols: (SFC)
Santos FC: Jandrei; Danilo Boza, Velázquez e Wagner (Felipe Jonatan); Marcos Guilherme (Madson), Camacho, Vinícius Zanocelo, Carlos Sánchez (Luiz Henrique) e Lucas Braga; Marinho (Ângelo) e Raniel (Diego Tardelli). Técnico: Fábio Carille
Sport: Maílson; Ewerthon, Sabino, Rafael Thyere e Sander; Marcão Silva, José Welison e Luciano Juba (Paulinho Moccelin); Gustavo Oliveira (Tréllez), Mikael e Everaldo (Leandro Barcia). Técnico: Gustavo Florentín

  Na volta da torcida ao Morumbi, Tricolor empata com o Santos

Leia mais:  Cuiabá enfrenta o América-mg na arena independência.

(Texto: Tiago Maestre (Estagiário) com supervisão de Fábio Maradei (Gerente de Comunicação) e Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana