conecte-se conosco

Esportes

Contra Universitario-PER, Palmeiras registra goleada de 6 a 0

Publicado


O saldo nos 100 jogos disputados como mandante é favorável: agora são 69 vitórias, 17 empates, 14 derrotas, 229 gols marcados e 81 gols sofridos. O Alviverde, inclusive, é o time brasileiro com mais bolas na rede pelo torneio sul-americano, com 383, e também, com seus 229 gols em casa, o que mais fez gols como mandante, seguido pelo Cruzeiro, com 201.

Com este placar de 6 a 0, o Palmeiras impôs a maior goleada, de forma isolada, da recente história do Allianz Parque (inaugurado em 2014): 6 a 0. Antes, o posto era dividido por algumas goleadas por 5 a 0. São elas: 21/03/2018, sobre o Grêmio Novorizontino (Campeonato Paulista), 30/09/2020, Club Bolívar-BOL (Libertadores), 21/10/2020, Tigre-ARG (Libertadores), 02/12/2020, Delfín-Equador 5×0 (Libertadores), e 27/04/2021, Independiente del Valle-EQU (Libertadores). Vale ressaltar ainda que, de seus últimos oito jogos em casa, cinco foram vitórias por cinco ou mais gols de diferença (Bolívar-BOL, 5 a 0, Tigre-ARG, 5 a 0, Delfín-EQU, 5 a 0, Independiente del Valle-EQU, 5 a 0, e, agora, Universitário-PER, 6 a 0).

  Abel comanda treino tático de olho na primeira decisão da Copa do Brasil

Leia mais:  Fred se torna o terceiro maior artilheiro brasileiro na Libertadores

A última vitória do Verdão fazendo seis gols na partida havia sido em 26/09/2019, sobre o CSA-AL, por 6 a 2, no Pacaembu, pelo Campeonato Brasileiro (gols de Luiz Adriano, duas vezes, Willian, Bruno Henrique, duas vezes, e Gustavo Gómez); Já a última vitória do Alviverde por seis gols de diferença foi os 6 a 0 sobre a Liga Alajuelense, da Costa Rica, em duelo amistoso de intertemporada em 2018, quando o Verdão esteve na Costa Rica e Panamá, em 08/07/2018 – na ocasião, os gols foram anotados por Bruno Henrique, Hyoran, três vezes, e Gustavo Scarpa, duas vezes. Já o triunfo mais recente por 6 a 0 antes desse foi sobre o Botafogo-RJ, em 06/11/1999, pelo Campeonato Brasileiro no Palestra Italia, com gols de Asprilla, duas vezes, Cléber, Aguinaldo, Pena e Evair (essa também foi a maior goleada palmeirense sobre o Botafogo-RJ em toda a história).

Individualmente, destaque para Rony, que melhorou ainda mais os seus números avassaladores pelo Verdão em jogos de Libertadores: 16 partidas, 12 gols e nove assistências. Além disso, ele chegou a 11 gols por Libertadores pelo Verdão, assim como Willian Bigode, que também fez o dele nesta noite. Com isso, a dupla de atacantes do atual elenco, no ranking de maiores artilheiros de toda a história do Verdão, só ficam atrás de Alex, maior artilheiro palmeirense no Continental, com 12 gols – ou seja, a apenas um gol do líder do ranking – ambos empatados com Tupãzinho (jogador do Verdão nos aons 60) e do colombiado Borja, que também possuem 11 gols pelo Alviverde na Libertadores.

  Palmeiras recebe São Paulo e inicia disputa de vaga na final da Copa do Brasil Sub-17

Leia mais:  Figueirense empata com o Joinville pelo Campeonato Catarinense

Comentários Facebook

Esportes

Clima de decisão: Galo encerra treinos para encarar o Fortaleza

Publicado


O grupo atleticano realizou na tarde de hoje, dia 19, o último treino antes do primeiro duelo contra o Fortaleza, pela semifinal da Copa do Brasil. A partida acontecerá amanhã, às 21h30, no Mineirão.
O jogo de volta será realizado na próxima quarta-feira, dia 27, no Estádio Castelão, em Fortaleza, também às 21h30.
Fotos: Pedro Souza / Atlético
Equilíbrio nas estatísticas: O retrospecto do embate entre os clubes evidencia igualdade. Foram 14 partidas, com seis vitórias para cada lado e dois empates.
Essa será a segunda vez que Galo e Fortaleza se enfrentam pela Copa do Brasil. Em 2006, as equipes jogaram pelas oitavas de final. O Atlético foi superado por 2 a 0 no Mineirão, mas avançou às quartas de final após vencer o tricolor por 3 a 1 em Fortaleza.
O Galo disputou as semifinais da competição em cinco oportunidades. A última vez foi em 2016, quando superou o Internacional e decidiu o título com o Grêmio.
Em 2014, pela mesma etapa do torneio, o Atlético goleou o Flamengo por 4 a 1, em jogo emocionante no Mineirão, e avançou para a final. Em seguida, conquistou o título com duas vitórias sobre o Cruzeiro.
fonte:https://atletico.com.br/noticias/clima-de-decisao-galo-encerra-treinos-para-encarar-o-fortaleza

  Galinho está nas quartas de final da Copa do Brasil Sub-20

Leia mais:  Fred se torna o terceiro maior artilheiro brasileiro na Libertadores

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana