conecte-se conosco

Região Metropolitana

Com 10 hotéis fechados em Curitiba e RMC, setor cobra ajuda ao governo na crise do coronavírus

Publicado

Pelo menos dez hotéis de Curitiba e de cidades da região metropolitana estão fechados temporariamente por causa da pandemia de coronavírus. A crise chega justamente quando o setor vinha apresentando recuperação nos números e ainda pode fazer com que mais hotéis fechem por falta de hóspedes. Principalmente pelos cancelamentos de reservas do turismo de negócios – Curitiba é uma das cidades referência nesse modelo.

Segundo o Curitiba e Região Convention e Visitors Bureau (CCVB), entidade sem fins lucrativos que trabalha no fortalecimento do turismo e negócios, ainda há risco de alguns estabelecimentos fecharam definitivamente. Para tentar evitar que isso ocorra, empresários hoteleiros cobram medidas aos governos estadual e municipal. Entre elas, a redução de impostos

De acordo com Paulo Iglesias, presidente do CCVB e vice-presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Paraná (ABIH), o cálculo do prejuízo no setor ainda não foi feito. Mas ele não esconde a preocupação, já que o futuro vai depender de quanto tempo dure a pandemia. Afinal, é provável que a hotelaria seja um dos últimos setores a retomar as atividades normais. “Se até o fim de maio o problema estiver resolvido, estamos falando de dois meses de ocupação muito baixa ou quase zerada, com mais alguns meses para normalização”, aponta Iglesias, que também está com o seu hotel fechado.

Leia mais:  Dupla com carro roubado causa confusão na Grande Curitiba. Um foi preso e outro pro hospital

Demissões

Outro problema é o risco de demissões. Para evitar que elas ocorram em massa, o setor espera providências do governo, como a redução dos salários e as garantias do seguro desemprego. “Estas são medidas muito importantes, mas a hotelaria precisará de mais”, enfatiza Iglesias.

 

Comentários Facebook

Região Metropolitana

Setran alerta para site que promove leilões de veículos de forma ilegal

Publicado

A Setran (Superintendência de Trânsito) denunciou na Polícia Civil um site falso de leilões de veículos. A plataforma usa dados falsos e ainda afirma ter a chance do órgão municipal.

O site falso (setranleiloes.com/br/) apresenta telefones e e-mails inverídicos e se intitula como o site oficial dos leilões de veículos da Setran.

As informações e indicações dos leilões promovidos pela Setran são publicados sempre no site (https://transito.curitiba.pr.gov.br/patio/leilao-eletronico-de-veiculos/52).

Vale lembrar que todos os domínios de secretarias e órgãos da Prefeitura de Curitiba tem sempre a extensão (curitiba.pr.gov.br) dentro do endereço eletrônico.

O boletim de ocorrência foi registrado na Polícia Civil nesta quarta-feira (6), mas o site falso de leilões segue ativo normalmente.

Comentários Facebook
Leia mais:  Amarrado e jogado em represa, homem consegue se soltar e escapa da morte
Continue lendo

Mais Lidas da Semana