conecte-se conosco

Cidades

Bebê ferido em acidente na BR-163 não resiste e morre no hospital

Publicado

O Bemdito

Entrou em óbito a criança que ficou ferida em um grave acidente registrado na BR-163, em Guaíra. O menino de um ano e sete meses teve ferimentos considerados graves e foi encaminhado com apoio do helicóptero do Samu ao Hospital Universitário de Cascavel.

Porém, o bebê não resistiu e acabou falecendo na tarde desta segunda-feira (8).

A colisão envolveu dois veículos, um Tracker e uma Van, que colidiram frontalmente no trecho entre Guaíra e Marechal Cândido Rondon na manhã de hoje.

Informações da PRF apontam que o condutor da Van fez uma ultrapassagem em local permitido, mas forçou a manobra e por isso colidiu de frente com o Tracker que seguia no sentido oposto.

Dentro do veículo Tracker estavam cinco pessoas. Três delas foram socorridas por populares que passavam pelo local do acidente. Elas foram encaminhadas para a UPA de Guaíra.

Conforme a PRF, o bebê estava na cadeirinha, mas instantes antes do choque havia sido retirado para amamentação. O condutor desse veículo ficou preso às ferragens inconsciente e foi socorrido em estado grave pelo helicóptero do Consamu ao hospital Bom Jesus, de Toledo.

Leia mais:  Umuarama inicia o mês de julho com 62 ofertas de emprego

Já na Van, segundo a PRF, estavam nove passageiros, sendo que o condutor também ficou enclausurado e teve ferimentos considerados graves. Um dos passageiros teve ferimentos moderados e outros cinco ocupantes do veículo também ficaram feridos, com menor gravidade.

Duas vítimas foram identificadas como Daiany Lavezzo e Ivo Lavezzo. Dos demais ainda não foi divulgada a identificação.

(Com informações: Redação e Tarobá News)

Comentários Facebook

Cidades

Prefeito evangélico é alvo de macumba em Mato Grosso

Publicado

O prefeito Jeferson Ferreira Gomes (DEM), de Comodoro, extremo oeste de MT, que é evangélico, foi surpreendido por um “despacho espiritural” no cemitério da cidade. A informação é do site Olhar Direto.

Segundo a publicação, o despacho foi descoberto na primeira quinzena neste mês.

No local havia um papel com nome do prefeito em cruz, garrafa de cachaça e um sapo morto. Tudo junto e misturado. O “trabalho” foi descoberto por uma moradora que visitava o túmulo de parente.

O despacho estava na porta, com terra de cemitério sobre o nome.

Não se sabe por quais motivos, alguém deseja a morte do prefeito, que não comentou o assunto.

Mistério!

Comentários Facebook
Leia mais:  Termina nesta quarta-feira prazo para pagar 1ª parcela do IPVA ou quitar à vista
Continue lendo

Mais Lidas da Semana