conecte-se conosco

Esportes

Athletico terá mais visibilidade e grana com classificações na Copa do Brasil e Libertadores

Publicado

Tribuna Paraná

Reflexo do sucesso que teve em campo em 2018, o Athletico está na crista da onda nesta temporada. Regular até agora, mas com alguns problemas para resolver diante da perda de jogadores importantes nas últimas semanas, o Furacão terá uma sequência de decisões pela frente neste mês. Vai enfrentar Flamengo e Boca Juniors já pelo mata-mata da Copa do Brasil e da Libertadores da América, respectivamente. O clube pode fechar o mês de julho com ainda mais visibilidade no cenário nacional e sul-americano, além de conta com os cofres cheios.

Para passar por Flamengo e Boca Juniors e seguir com esse destaque, o Athletico terá grandes desafios. O Furacão vive um momento de instabilidade e o técnico Tiago Nunes terá que encontrar alternativas dentro do próprio elenco para suprir as ausências de jogadores importantes. Nesta parada para a disputa da Copa América, a principal perda foi o lateral-esquerdo Renan Lodi, negociado com o Atlético de Madrid.

Além dele, o Athletico, antes mesmo da parada, já não podia contar com o zagueiro Thiago Heleno e com o volante Camacho, que foram pegos no doping na disputa da Libertadores e estão impedidos de atuar até que o julgamento seja realizado. Neste período, o zagueiro Pedro Henrique chegou, mas não poderá jogar na Copa do Brasil, pois já vestiu a camisa do Corinthians no torneio.

Leia mais:  Galo vence e é semifinalista da Copa do Brasil

Logo de cara, o técnico Tiago Nunes já vai ter um grande teste diante do Flamengo, nesta quarta-feira, às 21h30, na Arena da Baixada, no duelo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Ainda sem vencer longe do Caldeirão na temporada, o Furacão sabe da importância de conseguir um grande resultado contra os cariocas para, na semana que vem, buscar a vaga entre os quatro melhores times da competição nacional.

Passar de fase na Copa do Brasil vai significar um bom lucro aos cofres do Athletico. O clube, que entrou nas oitavas de final e passou pelo Fortaleza, já lucrou R$ 5,6 milhões com o torneio. Se chegar à semifinal da competição, o Furacão vai ganhar mais R$ 6,7 milhões. Uma possível ida para a decisão do torneio fará o time lucrar pelo menos mais R$ 21 milhões. Esse é o valor para o clube que for vice-campeão. Já se for campeão, o Rubro-Negro ganhará mais R$ 52 milhões.

Mas, o Athletico nunca escondeu que o seu foco em 2019 é a disputa da Libertadores. O Furacão, no dia 24 de julho, faz o duelo de ida das oitavas de final do torneio internacional diante do Boca Juniors, na Arena da Baixada. Uma semana depois, acontece em Buenos Aires a partida de volta valendo a vaga nas quartas de final do certame. Enfrentar o segundo maior campeão das Américas – seis títulos da Libertadores – será um desafio e tanto para o time se firmar de vez no cenário do futebol sul-americano.

Leia mais:  Buscando dilatar sequência invicta no Brasileirão, elenco alvinegro iniciará semana de trabalhos nesta terça-feira

Avançar de fase na Libertadores da América será importante também para as finanças do Athletico. O Furacão já lucrou cerca de R$ 11 milhões na primeira fase do torneio internacional. Para participar das oitavas de final, o Furacão vai lucrar mais R$ 1 milhão. Se seguir adiante e chegar a uma eventual decisão, o time atleticano, somente com a principal competição de clubes das Américas, pode ter um ganho total de R$ 49 milhões se for vice-campeão e R$ 72 milhões se conseguir o título inédito.

Além das receitas com premiações, o Athletico, se obtiver sucesso em campo, seguirá com a moral elevada e ainda terá outros ganhos, como por exemplo, com bilheterias nesses jogos decisivos. Mais do que isso, o time do técnico Tiago Nunes quer provar de vez sua ascensão e que chegou para ficar entre os principais clubes das Américas.

Comentários Facebook

Esportes

Na estreia do Campeonato Paulista, Santos FC empata com a Inter de Limeira

Publicado


Na noite desta quarta-feira (26), o Santos FC realizou sua estreia no Campeonato Paulista e na temporada de 2022, diante da Internacional de Limeira, no Estádio Major José Levy Sobrinho. E no primeiro jogo do ano, o time santista empatou com o time da casa em 0 a 0.

No sábado (29), o time santista entra em campo pela 2ª rodada do estadual, e fará sua estreia na Vila Belmiro em 2022, diante do Botafogo-SP, às 11h00.

O jogo
A primeira etapa foi concentrada principalmente no meio campo, e as duas equipes criaram poucas chances de gol.

O Santos FC teve seu melhor momento no primeiro tempo aos 24 minutos. Gabriel Pirani colocou na grande área, e Marcos Leonardo chegou primeiro que a marcação, mas colocou a bola pela linha de fundo.

Antes do árbitro encerrar os primeiros 45 minutos, Gabriel Pirani recebeu cartão vermelho.

Na volta para a segunda etapa, o time santista voltou melhor. E antes do relógio marcar o primeiro minuto, Lucas Braga cruzou na área e Vinícius Zanocelo cabeceou com perigo, e a bola saiu ao lado da trave direita.

  Santos vence na estreia da Copa Sul-Americana e leva vantagem para o jogo da volta

Leia mais:  Cuiabá x Grêmio e adiado pela CBF

Aos 26 minutos, Marcos Leonardo é derrubado próximo a entrada da área, e ele mesmo vai para a cobrança. O camisa 9 capricha, e a bola passa muito próxima ao gol, batendo na rede pelo lado de fora.

O meia Bruno Oliveira realizou sua estreia ao entrar na vaga de Camacho, e aos 35 minutos, ele teve a chance de já estrear com um gol marcado. Marcos Leonardo envolve a marcação e toca para Bruno já dentro da área. Em velocidade, ele bate e a bola para na rede pelo lado de fora.

FICHA TÉCNICA
AA Internacional de Limeira 0 x 0 Santos FC
Local: Estádio Major José Levy Sobrinho (Limeirão), em Limeira, São Paulo.
Data: quarta-feira, 26 de janeiro de 2022
Horário: 19h00
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo
Assistentes: Luiz Alberto Andrini Nogueira e Mauro Freitas
Cartões Amarelos: Jhony Douglas e Léo Duarte (AAIL); Camacho (SFC)
Cartão Vermelho: Gabriel Pirani (SFC)
AA Internacional de Limeira: Lucas Frigeri; Léo Duarte (Celsinho), Rodolfo Filemon, Xandão e Rafael Carioca; Matheus Galdezani (Júlio Rusch), Jhony Douglas (Lima), Felipe Baxola e Geovane (Diego Tavares); Ronaldo Silva e Osman. Técnico: Vinicius Bergantin
Santos FC: João Paulo; Eduardo Bauermann, Luiz Felipe e Velázquez; Madson, Camacho (Bruno Oliveira), Vinícius Zanocelo, Gabriel Pirani e Lucas Braga; Marcos Guilherme (Vinícius Balieiro) e Marcos Leonardo (Ângelo). Técnico: Leandro Silva (auxiliar técnico)

  Em clássico movimentado, Santos e Palmeiras ficam no empate de 2 a 2

Leia mais:  Fluminense é superado pelo líder Palmeiras fora de casa

fonte: https://www.santosfc.com.br/na-estreia-no-campeonato-paulista-santos-fc-empata-com-a-inter-de-limeira/

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana