conecte-se conosco

Curitiba

Athletico, Coritiba e Paraná usam mesma estratégia para retorno e esperam volta aos jogos

Publicado

Após um mês de férias “forçadas” por causa da pandemia do novo coronavírus, os elencos de Athletico, Coritiba e Paraná retornaram aos trabalhos nesta semana.

Apesar de algumas diferenças entre eles, a estratégia é começar os trabalhos com os jogadores em casa, no que é conhecido por “home office”. Enquanto isso, não há perspectiva para o retorno das competições no país.

Paraná

No Tricolor, o preparador físico Fabiano Rosenau explicou que a ideia é iniciar os trabalhos agora de forma gradativa. “É adaptação, não é nada no alto rendimento ainda”.

O clube planejou retornar as treinos presenciais, em pequenos grupos, no dia 11, e com o grupo completo no dia 18, mas isso ainda depende das recomendações futuras das autoridades sanitárias.

Coritiba

No Coxa, a grande novidade é que, apesar de também fazerem os treinos de casa, na última segunda-feira (4) os jogadores foram ao clube, em pequenos grupos, para a realizações de exames e para tomarem a vacina contra o H1N1.

Leia mais:  Motoqueiro morre em acidente na BR-476, no bairro Tarumã, em Curitiba

Athletico

No Furacão o caminho é o mesmo, com instruções via internet e treinamento em casa. O clube segue na espera da liberação das autoridades de saúde para programar uma data para o retorno dos trabalhos no centro de treinamento.

“Mesmo durante as férias, o clube nos deu todo o suporte e apoio. Agora, com esse retorno, teremos todo o trabalho da preparação física para treinarmos ainda mais. Não temos a certeza de quando as coisas vão melhorar, então não perder tanto o condicionamento é importante”, argumentou o meia Lucho, em entrevista ao site do Athletico.

Comentários Facebook

Curitiba

VÍDEO: Ônibus com 37 pessoas perde o freio na serra entre Curitiba e Joinville

Publicado

Um ônibus de viagem que fazia o trajeto Belém (PA) – Florianópolis (SC) perdeu os freios enquanto trafegava na rodovia BR-376 na madrugada da Última quarta-feira, 6. O veículo ocupado por 37 passageiros, sendo oito crianças, atingiu 118 km/h e só parou depois de entrar na área de escape do quilômetro 671,7, em Guaratuba (PR). Ninguém se feriu.

De acordo com a Arteris Litoral Sul, concessionária do trecho, o ônibus entrou 115 metros na área de escape por volta da 1h45. O condutor relatou às equipes que não conseguiu mais utilizar os freios dois quilômetros antes da área e, como ele já conhecia o dispositivo, direcionou o ônibus para entrada.

O motorista e os passageiros foram transportados até um posto de apoio para seguirem viagem com suporte da empresa responsável.

Segundo a concessionária, essa foi a sexta vez que um ônibus usou a área de escape, inaugurada em agosto de 2011. Neste período ela foi utilizada por 257 veículos pesados, ajudando a salvar 376 vidas.

Leia mais:  Apenas a Ponta da Pita permanece imprópria para banho

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana