conecte-se conosco

Esportes

América vence o Cruzeiro de virada na primeira metade da semifinal

Publicado


O América conquistou uma valiosa vitória no primeiro duelo das semifinais do Campeonato Mineiro. No estádio Mineirão, o time comandado pelo técnico Lisca venceu o Cruzeiro-MG, de virada, por 2 a 1. O Coelho saiu atrás do placar no primeiro tempo, com gol marcado pelo atacante Rafael Sobis. Porém, o América não sucumbiu e batalhou pelo triunfo. Alê, em belo cabeceio, empatou aos 40 minutos do segundo tempo. Aos 44, Ademir se colocou bem dentro da área e foi decisivo, marcando o gol da virada americana.

Com o triunfo, o Coelho pode chegar às finais do Campeonato Mineiro com um empate ou derrota por 1 gol de diferença. O time terá a semana livre para preparação sob o comando de Lisca e jogará a partida decisiva contra o Cruzeiro-MG, na Arena Independência, às 16h do próximo domingo.

O JOGO

O primeiro tempo começou com o América buscando acertar a articulação e escapar rapidamente para o ataque, acionando principalmente o centroavante Rodolfo. A primeira boa chance do Coelho veio aos 10 minutos, após roubada de bola do ataque americano, o volante Zé Ricardo chegou no rebote fora da área e finalizou pela linha de fundo.

Aos 21 minutos, Rodolfo puxou o contra-ataque e, após boa trama pelo lado esquerdo, recebeu passe dentro da área e chutou forte para o gol. Porém, o goleiro do Cruzeiro-MG saltou e espalmou. Aos 30 minutos, Alê também teve sua chance e cabeceou após cruzamento de Bruno Nazário; a bola foi para fora. Já aos 35, Rodolfo bateu falta com um chute potente que foi novamente defendido pelo goleiro Fábio.

  América domina o jogo e vence o Coimbra pelo Campeonato Mineiro

Leia mais:  Cruzeiro e Náutico empatam pela serie B

O time americano vinha bloqueando bem as tentativas de ataque do time da casa, principalmente com boas intervenções do zagueiro Eduardo Bauermann. Contudo, aos 37 minutos, após lançamento em profundidade, o Cruzeiro-MG avançou pelo lado direito e a bola foi tocada para Rafael Sobis, que chegou por trás e chutou no canto, vencendo o goleiro Cavichioli.

Nos minutos finais, o Cruzeiro-MG teve uma chance para ampliar, mas Matheus Cavichioli saiu bem e se jogou aos pés do atacante adversário, impedindo o gol. O Coelho tentou a reação, mas o primeiro tempo findou-se com vantagem para o rival no placar.

No segundo tempo, o América retornou determinado a buscar o empate nos primeiros minutos. Aos 8, Rodolfo recebeu bom passe em profundidade e desviou de primeira frente a frente com Fábio, mas a bola caprichosamente bateu no travessão. Aos 13, o time americano acabou sofrendo o segundo gol do Cruzeiro-MG, mas após revisão do VAR, o lance foi invalidado pela arbitragem.

Em seguida, o técnico Lisca fez três substituições de uma só vez, promovendo as entradas de Gustavo, Leandro Carvalho e Ribamar. Aos poucos, o panorama da partida foi mudando e o América passou a dominar as ações após os 30 minutos. O time apertou o rival em seu campo de defesa e conseguiu êxito. Aos 40 minutos, Leandro Carvalho cobrou escanteio com perfeição para Alê, que fez bela movimentação, subiu mais alto que a marcação no primeiro poste e cabeceou certeiro no canto oposto para empatar o clássico.

  América mantém foco e trabalha para confronto direto com o CSA

Leia mais:  Corinthians visita o Atlético-GO em partida decisiva da 3ª fase da Copa do Brasil

Revigorado com o gol, o América manteve o ímpeto ofensivo e chegava com perigo principalmente pelo lado esquerdo. Aos 44 minutos, Leandro Carvalho brilhou novamente, visualizou a movimentação de Ademir, que entrara também na segunda etapa, e fez um lançamento preciso. Ademir sabiamente desviou de primeira e tirou do alcance do goleiro Fábio para virar o placar a favor do Coelho.

O clássico seguiu emocionante até o fim. O Coelho manteve o placar favorável e a vantagem nas semifinais do estadual.

Comentários Facebook

Esportes

Na estreia do Campeonato Paulista, Santos FC empata com a Inter de Limeira

Publicado


Na noite desta quarta-feira (26), o Santos FC realizou sua estreia no Campeonato Paulista e na temporada de 2022, diante da Internacional de Limeira, no Estádio Major José Levy Sobrinho. E no primeiro jogo do ano, o time santista empatou com o time da casa em 0 a 0.

No sábado (29), o time santista entra em campo pela 2ª rodada do estadual, e fará sua estreia na Vila Belmiro em 2022, diante do Botafogo-SP, às 11h00.

O jogo
A primeira etapa foi concentrada principalmente no meio campo, e as duas equipes criaram poucas chances de gol.

O Santos FC teve seu melhor momento no primeiro tempo aos 24 minutos. Gabriel Pirani colocou na grande área, e Marcos Leonardo chegou primeiro que a marcação, mas colocou a bola pela linha de fundo.

Antes do árbitro encerrar os primeiros 45 minutos, Gabriel Pirani recebeu cartão vermelho.

Na volta para a segunda etapa, o time santista voltou melhor. E antes do relógio marcar o primeiro minuto, Lucas Braga cruzou na área e Vinícius Zanocelo cabeceou com perigo, e a bola saiu ao lado da trave direita.

  Santos vence na estreia da Copa Sul-Americana e leva vantagem para o jogo da volta

Leia mais:  Sport bate a Chapecoense por 1 a 0 pela 37ª rodada

Aos 26 minutos, Marcos Leonardo é derrubado próximo a entrada da área, e ele mesmo vai para a cobrança. O camisa 9 capricha, e a bola passa muito próxima ao gol, batendo na rede pelo lado de fora.

O meia Bruno Oliveira realizou sua estreia ao entrar na vaga de Camacho, e aos 35 minutos, ele teve a chance de já estrear com um gol marcado. Marcos Leonardo envolve a marcação e toca para Bruno já dentro da área. Em velocidade, ele bate e a bola para na rede pelo lado de fora.

FICHA TÉCNICA
AA Internacional de Limeira 0 x 0 Santos FC
Local: Estádio Major José Levy Sobrinho (Limeirão), em Limeira, São Paulo.
Data: quarta-feira, 26 de janeiro de 2022
Horário: 19h00
Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo
Assistentes: Luiz Alberto Andrini Nogueira e Mauro Freitas
Cartões Amarelos: Jhony Douglas e Léo Duarte (AAIL); Camacho (SFC)
Cartão Vermelho: Gabriel Pirani (SFC)
AA Internacional de Limeira: Lucas Frigeri; Léo Duarte (Celsinho), Rodolfo Filemon, Xandão e Rafael Carioca; Matheus Galdezani (Júlio Rusch), Jhony Douglas (Lima), Felipe Baxola e Geovane (Diego Tavares); Ronaldo Silva e Osman. Técnico: Vinicius Bergantin
Santos FC: João Paulo; Eduardo Bauermann, Luiz Felipe e Velázquez; Madson, Camacho (Bruno Oliveira), Vinícius Zanocelo, Gabriel Pirani e Lucas Braga; Marcos Guilherme (Vinícius Balieiro) e Marcos Leonardo (Ângelo). Técnico: Leandro Silva (auxiliar técnico)

  Em clássico movimentado, Santos e Palmeiras ficam no empate de 2 a 2

Leia mais:  Fora de casa, Vila Nova-GO vence o Remo-PA pelo Brasileirão Série B

fonte: https://www.santosfc.com.br/na-estreia-no-campeonato-paulista-santos-fc-empata-com-a-inter-de-limeira/

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana