conecte-se conosco

Esportes

América supera Cuiabá e calor de 38º para subir na tabela do Brasileiro

Publicado


Ademir fez um dos gols da vitória do América sobre o Cuiabá – Foto: Estevão Germano

O América foi a Cuiabá para enfrentar os donos da casa e o forte calor da região, cerca de 38º durante o jogo na Arena Pantanal. Com inteligência e precisão, o Coelho fez 2 a 0, gols de Zárate e Ademir, e deixou o campo com três pontos na tabela e mais duas posições na tabela do Brasileiro, agora no 13º lugar.

O primeiro gol da partida nasceu em cobrança perfeita de Zárate, no ângulo. Ademir, em contra-ataque fatal, recebeu de Lucas Kal para fazer o segundo e confirmar o triunfo na reta final do jogo.

Depois de um primeiro tempo em que pressionou o rival em seu campo, o time americano administrou o ritmo na segunda etapa para consolidar os três pontos.

Com a vitória deste sábado, o América chega a seis jogos de invencibilidade (3 vitórias e 3 empates). O Coelho está na 13ª posição da tabela, com 27 pontos.

Na próxima rodada, o Coelho recebe o Palmeiras na Arena Independência, na quarta-feira, às 21h30. O jogo marca a volta da torcida aos jogos do Clube. Os ingressos estão à venda.

O Jogo

Nos primeiros 15 minutos, o América se mostrou bem à vontade na Arena Pantanal. O Coelho finalizou cinco vezes no primeiro terço da partida. Ricardo Silva teve grande chance de cabeça e quase abriu o placar aos 10 minutos. O time americano ainda criou uma boa chance com Fabrício Daniel, que quase alcançou o cruzamento de Ademir.

  Coritiba perde de 2 a 0 para o Atlético MG

Leia mais:  Meio-campista Ítalo estende contrato com o Sport

Porém, foi dos pés de Mauro Zárate, aos 12, que saiu o primeiro gol do América. Em cobrança de falta magistral, o argentino colocou no ângulo de Walter, que se esticou todo, mas não impediu o golaço.

Minutos depois, depois de cortar a marcação, Zárate bateu de perna esquerda e quase fez outro belo gol. O América continuou com boa atuação, enquanto o Cuiabá aposta em saídas de velocidade pelas extremidades.

O forte calor de 38º foi mais adversário intenso para o América, que diminuiu um pouco o ritmo na metade da primeira etapa. O Cuiabá aproveitou a deixa para aparecer mais vezes no ataque. Mas, quando passava pela defesa, os donos da encontravam um Matheus Cavichioli inspirado. O paredão americano pegou cabeça de Osman e falta de Pepê, demonstrando a boa fase que vive.

A torcida da casa ainda tentou pressionar, mas o Coelho levou o primeiro tempo com o gol de vantagem para o vestiário.

Segundo tempo

O América teve uma chegada perigosa no reinício do jogo, mas os donos da casa tentaram pressionar mais.

Aos 13, Felipe Azevedo demonstrou que o América estava disposto a incomodar a defesa adversária e conseguiu drible para invadir a área. A zaga cortou na hora do passe que deixaria Zárate na cara do gol.

O Coelho abaixou as linhas e ditou o ritmo, principalmente depois de uma primeira etapa intensa sob forte calor na Arena Pantanal.

  Pelo Campeonato Brasileiro, Santos FC perde para Atlético Goianiense na Vila Belmiro

Leia mais:  Arana é convocado para a Seleção Olímpica

Felipe Azevedo acertou o travessão do Cuiabá, mas o lance estava parado. O auxiliar apontou que, no cruzamento de Patric, a bola havia saído pela linha de fundo. O lance gerou dúvidas, mas não valeria se tivesse entrado por conta da marcação antecipada da arbitragem.

Aos 37, Ademir recebeu belo passe de Lucas Kal para invadir a área e guardar no fundo das redes, em chute cruzado com o pé direito. O placar de 2 a 0 garantiu o triunfo americano.

FICHA DO JOGO

Cuiabá 0 x 2 América

Motivo: Campeonato Brasileiro – Rodada 23
Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)
Árbitro: Rafael Traci (Fifa/SC)
Auxiliares:  Kleber Lucio Gil (Fifa/SC) e Johnny Barros de Oliveira (AB/SC)
Árbitro de vídeo: Braulio da Silva Machado (Fifa/SC)

Gols: Zárate, aos 12 minutos do primeiro tempo; Ademir, aos 37 do segundo tempo (América)

Cartões amarelos: Alê, Patric (América); Paulão (Cuiabá)

América
Matheus Cavichioli; Patric (Diego Ferreira), Ricardo Silva, Eduardo Bauermann, Lucas Kal e Marlon;  Alê (juninho), Felipe Azevedo (Rodolfo); Ademir, Zárate (Juninho Valoura) e Fabrício Daniel (Ribamar)

Técnico: Vagner Mancini

Cuiabá
Walter; João Lucas, Marllon (Alan Empereur), Paulão e Uendel; Auremir (Uilian Côrrea), Pepê (Felipe Marques) e Clayson; Jonathan Cafú, Osman (Rafael Gava) e Jenison (Elton)
Técnico: Jorginho

Comentários Facebook

Esportes

Timão se reapresenta e inicia preparação para Majestoso

Publicado



Foto: Felipe Szpak/Agência Corinthians

Na tarde desta quinta-feira (14), no CT Dr. Joaquim Grava, o Corinthians se reapresentou após vencer o Fluminense, na Neo Química Arena, e iniciou a preparação para o clássico diante do São Paulo, que acontecerá na próxima segunda-feira (18), às 20h, no Morumbi, em jogo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os atletas que atuaram por mais de 45 minutos na partida de ontem (13) realizaram trabalho regenerativo com a equipe de fisioterapia. Os demais atletas fizeram o aquecimento no Campo 4, seguido por um trabalho de rondo.


Foto: Felipe Szpak/Agência Corinthians

Depois, no Campo 3, o técnico Sylvinho promoveu um treinamento coletivo em campo reduzido, que contou com a participação de quatro atletas das categorias de base do Timão: o zagueiro Belezi, os meias Biro e Pedrinho e o atacante Felipe.

O meio-campista Willian, que sentiu dores no músculo posterior da coxa esquerda na partida de ontem (13) e precisou ser substituído, realizou tratamento em dois períodos.

Leia mais:  Uruguaio Daniel Fedorczuk apitará Bolívar e Ceará pela Sul – Americana

O elenco corinthiano dá sequência na preparação para o Majestoso na tarde desta sexta (15).

Tags: Futebol, Notícias

Categoria(s): FutebolCorinthians

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana