conecte-se conosco

Geral

Adilton Sachetti afirma que continua negociando vaga para Senado com o DEM

Publicado

O deputado ainda negou que tenha intenção de unir forças com Wellington Fagundes, pré-candidato ao Governo pelo PR

O deputado federal Adilton Sachetti (PRB) confirmou que as negociações continuam para a segunda vaga ao Senado na chapa do Democratas. A primeira vaga já seria de Jayme Campos (DEM). Além de Sachetti, informações dão conta de que o ex-vice-governador de Mato Grosso, Carlos Fávaro (PSD), também estaria em negociação para fazer parte do projeto do DEM. Sachetti, no entanto, se diz tranquilo, reforça que tudo está como definido com o presidente do partido, Fábio Garcia, de que seu nome seria o segundo na composição da chapa, e vê com naturalidade a disputa pela vaga.

“É um direito legítimo que ele [Fávaro] tem. Ele vai buscar o interesse dele e ele vai usar todas as forças que ele tem pra conseguir o objetivo, né? A minha parte, eu também vou fazer a mesma coisa. Vou trabalhar pra consolidar a minha candidatura”, afirmou o deputado durante entrevista para a Rádio Capital FM na manhã desta terça-feira (3).

Leia mais:  Justiça: Prefeitura abasteceu ônibus escolar que não tinha rodas

Sachetti negou que tenha intenção de unir forças com Wellington Fagundes, pré-candidato ao Governo pelo PR. De acordo com o deputado, há muito respeito pelo atual senador, porém, ele se encontra em outro projeto no momento. Questionado sobre as pesquisas que foram divulgadas até o momento, em que o nome de Sachetti não aparece entre os primeiros na disputa pelo senado, o deputado disse ser normal por não ser um parlamentar que está sempre presente na mídia.

“Aquelas pessoas que tem uma exposição maior sempre aparecem na frente. Isso é natural porque quem tem mídia nesse momento, quem tem exposição, que tá está constantemente em jornal, revista, em mídias sociais, em televisão, essas pessoas terão oportunidade de ter um destaque maior. Eu tenho pouco contato de mídia, me exponho pouco. E entendo que por isso não tenho destaque alto”, disse Sachetti, que diz compensar a falta de exposição “quieto e queimando a botina”.

O pré-candidato ao Senado lembrou ainda da margem de erro das pesquisas. Segundo ele, aplicando-se os seis pontos da margem, todos os candidatos ficam “embolados”.

Leia mais:  Unicentro oferece 443 vagas remanescentes em cursos de graduação

 

Fonte: PNB Online

Comentários Facebook

Geral

PF desarticula quadrilha que roubava funcionários dos Correios na Grande Curitiba

Publicado

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta a segunda fase da operação Mascarados, que tem como o objetivo de desarticular grupo suspeito de efetuar seis roubos contra funcionários dos Correios no ano de 2020, em Curitiba e Colombo, no Paraná. Os fatos criminosos ocorreram no mês de dezembro, quando um grande volume de mercadorias SEDEX são distribuídas pelos Correios, em razão das compras de natal.

Conforme foi identificado na investigação policial, os criminosos utilizaram arma de fogo para praticar o crime, abordando o carteiro e roubando o veículo de distribuição. A subtração dos objetos postais do veículo ocorria de forma rápida em um ponto ainda próximo ao local dos fatos, ocorrendo o transbordo para um veículo dos suspeitos. A divisão dos objetos roubados era realizada em uma das residências dos investigados, no município de Colombo/PR.

A prisão no dia de hoje ocorreu no município de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba. O preso será indiciado pelo crime de receptação e roubo qualificado, cuja pena pode chegar a 15 anos de reclusão.

Leia mais:  "Não conseguirão nos calar” afirma Taques sobre decisão do TRE

O mandado judicial foi expedido 9ª Vara da Justiça Federa em Curitiba/PR.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana