conecte-se conosco

Cidades

Trabalhador sofre queda de 7 metros de altura e fica em estado grave

Publicado

O Bemdito

Um homem de 41 anos foi socorrido em estado considerado grave após sofrer uma queda de uma altura aproximada de 7 metros. O caso aconteceu na manhã desta terça-feira (9), na cidade de Umuarama.

Informações são de que a vítima fazia um trabalho de metalurgia no telhado de uma empresa de serviços automotivos na avenida Brasil. Ele teria pisado em uma das telhas, que se rompeu, e foi ao chão.

Cláudio Gonçalves Matos foi atendido por socorristas do Samu e do Corpo de Bombeiros. Ele foi imobilizado e encaminhado ao hospital Nossa Senhora Aparecida (plantão).

A médica Daniela Lopes de Souza, do Samu, informou que quando a equipe chegou o homem estava consciente, mas muito agitado. Por isso ele precisou ser sedado e entubado para que os socorristas fizessem os procedimentos necessários.

A vítima estava com rebaixamento do nível de consciência, suspeita de lesão na base do crânio, deformidade no punho direito, possível trauma de bacia e fêmur esquerdo, além de outros ferimentos. A médica afirmou que o caso é grave e que agora passará por exames no hospital, como a tomografia, para verificar se há necessidade de uma cirurgia no crânio/neurológica.

Leia mais:  Profissionais da saúde promovem encontro sobre parto humanizado, em Umuarama

Não há informações se o trabalhador usava equipamentos de segurança no momento do acidente.

Comentários Facebook

Cidades

Profissionais da saúde promovem encontro sobre parto humanizado, em Umuarama

Publicado

O Bemdito

Um grupo de profissionais da saúde realiza neste sábado (20) um encontro que debaterá práticas de Intervenções no Parto, em Umuarama. O evento será dedicado a gestantes, familiares e qualquer interessado no tema do parto humanizado. Na ocasião, a médica Josiane Canalli estará presente para conversar com os participantes, assim como a enfermeira obstétrica Deyse, a psicologia Cíntia e a doula Jéssica. O encontro acontece no Colégio Estadual Dom Pedro II, a partir das 15h.

De acordo com a médica ginecologista Josiane Canalli, o objetivo do evento é disseminar informações sobre a humanização dos partos e promover um melhor atendimento nos centros de saúde. “É importante debater esse assunto em qualquer lugar, pois precisamos desmistificar alguns mitos e fazer com que as mulheres tenham o conhecimento sobre o que é um parto humanizado. O parto humanizado é qualquer tipo de parto que une a vontade da gestante, a tecnologia e a ciência. Ele coloca a mulher e o bebê no protagonismo, tanto no pré-parto, no parto e no pós-parto. É necessário que elas saibam que merecem respeito em qualquer ocasião, seja em cesáreas ou partos normais”, diz Josiane.

Leia mais:  Com nova direção, Hospital Evangélico muda de cor

Conforme Josiane, a intenção do grupo é realizar esses encontros pelo menos uma vez por mês, a partir deste primeiro que será realizado neste sábado. O evento terá um espaço para bate-papo e será propício para o público compartilhar experiências e dúvidas. A ação é gratuita e qualquer pessoa interessada por participar, sem haver a necessidade de se inscrever antes.

O Colégio Estadual Dom Pedro II localiza-se na avenida Duque de Caxias, 5910.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana