conecte-se conosco

Região Metropolitana

Quatro Barras flexibiliza lockdown na área rural e abertura do comércio local

Publicado

Em Quatro Barras, na Região Metropolitana de Curitiba, onde foi decretado lockdown na área rural, foi liberado um novo acesso controlado pela Rua Avelino Alves Pires, com acesso a BR-116. A flexibilização ocorre cinco dias após ao início do isolamento da área. Com isso, agora são quatro bloqueios de acesso controlado.
Os agentes de saúde comunicaram a flexibilização à comunidade pela redes sociais e agradeceram o apoio recebido dos moradores da área rural nesse momento de pandemia. “Reforçamos que durante esse período, as pessoas só devem circular para necessidades essenciais,” afirmou o Subcomandante Silva da Guarda Municipal de Quatro Barras.
A partir das 22 horas todos os moradores da área rural deverão permanecer em suas residências. “Esta é uma das ações do Lockdown, para controle da disseminação da Covid19. Pedimos a todos que respeitem as normativas, evitando possíveis penalidades, e mais do que isso, contribuindo para a prevenção da saúde de todos”, conforme comunicado da Prefeitura de Quatro Barras.

O lockdown foi adotado como uma medida intensiva de controle e combate à pandemia que torna obrigatório o distanciamento social. Ele prevê a suspensão total de atividades não essenciais e restrições de circulação. Estão submetidos ao controle de acesso os moradores das regiões do Palmitalzinho, Ribeirão do Tigre, Campininha, Rio do Meio, Estrada do Pocinho e Fazenda Lagoinha.

Leia mais:  Cidade da Grande Curitiba recebe obras de calçamento, drenagem e pavimentação

O Lockdown terá um prazo de 15 dias, mas poderá ser prorrogado. Ele também prevê o bloqueio de entradas do perímetro por profissionais de segurança

Comércio
Desde a última segunda-feira, dia 1º de junho, passaram a valer novas normas de funcionamento para o setor de comércio e serviços, como medidas de controle à pandemia da Covid-19.

Comércios e serviços considerados essenciais deverão funcionar até às 20h. A primeira hora de funcionamento deve ser destinada exclusivamente para pessoas que integram o grupo de risco, como idosos, gestantes, lactantes e portadores de doenças crônicas.

A capacidade do estabelecimento não deve ultrapassar os 30% e fica proibido o consumo de qualquer produto em seu interior.

Comércios considerados não essenciais também deverão enquadrar-se em novas regras. O horário de funcionamento passa a ser das 8 às 17 horas.

Fica proibido o ingresso de clientes no estabelecimento, que devem ser atendidos na porta, com a devida sinalização. Todos os produtos comercializados devem ser previamente limpos.

Comentários Facebook

Região Metropolitana

Prefeitura da Grande Curitiba faz barreira sanitária neste fim de semana

Publicado

A Prefeitura Municipal de Campo Magro, na Região Metropolina de Curitiba, adotou as barreiras sanitárias nas entradas, saídas e no interior do município para conter o avanço da pandemia de Covid-19.  Equipes das Secretarias de Saúde, Secretaria de Segurança Pública, Patrimonial e Trânsito, com o apoio da Polícia Rodoviária e Polícia Militar, entrevistam os motoristas e medem a temperatura. As barreiras, segundo informe da Prefeitura, é permitir que somente moradores entrem na cidade, conforme Decreto Estadual 4942/03 e Decreto Municipal 178/2020.

O município, que tem 30 mil habitantes, tem 54 casos confirmados duas mortes causadas pelo novo coronavírus. Há outros 60 exames à espera de resultados.

Outras medidas

Pelo decreto municipal, os veículos utilizados para o transporte coletivo urbano e metropolitano deverão circular, conforme norma abnt nbr 15570, com lotação máxima de: até 65% da capacidade dos veículos das 05h00 às 08h00 e das 15h30 às 19h30; até 55% da capacidade dos veículos nos demais períodos do dia. Os supermercados, mercados, mercearias e açougues terão autorizado seu horário de funcionamento e atendimento ao público no município de segunda a sábado, das 7 às 21 horas. O funcionamento dos estabelecimentos é suspenso aos domingos; o fluxo de pessoas dentro dos estabelecimentos descritos fica limitado a 30% (trinta por cento) da sua capacidade total, devendo ser controlado pela distribuição de senhas na entrada.

Leia mais:  Réu por agredir ex-companheira e atear fogo em carro com criança morre na prisão

As reuniões de caráter profissional ou particular devem ser realizadas virtualmente e quando imprescindíveis, as reuniões presenciais devem ocorrer com no máximo cinco pessoas, desde que seja possível o afastamento físico de dois metros entre elas, e respeitadas todas as demais medidas de prevenção e controle da covid-19.

Os serviços de restaurantes e lanchonetes poderão atender apenas por meio de entrega de produtos em domicílio (delivery), retirada expressa sem desembarque (drive thru) e/ou retirada em balcão (takeaway).

Litoral

As três cidades balneárias do Litoral do Paraná decidiram restringir ainda mais o funcionamento do comércio e serviços nos finais de semana, como mais uma medida para inibir a vinda de moradores de outras cidades. Guaratuba, Matinhos e Pontal do Paraná tomaram medidas temporárias conjuntas de enfrentamento à Covid-19. Em Guaratuba, elas constam do Decreto nº 23.479. principal novidade é o fechamento do comércio e serviços durante todo o domingo. No sábado, os serviços e atividades não essenciais só poderão funcionar até as 13h. Os serviços e atividades essenciais podem funcionar até as 16h de sábado.

Leia mais:  ONG é impedida de erguer casas novas para moradores de área de preservação, em São José dos Pinhais

Só poderão permanecer abertos com atendimento presencial durante os sábados e domingos os serviços de saúde, os serviços funerários, as farmácias e os postos de combustível.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana