conecte-se conosco

Região Oeste

O vereador Celestino Denardin (PSD), de Braganey, no oeste do Paraná, foi multado em R$ 30 mil pelo Ministério Público Estadual (MP-PR) por acessar sites com conteúdo pornográfico durante o expediente. O dinheiro será destinado aos cofres do Município. A denúncia foi apresentada ao MP-PR pelo presidente da Câmara, Adriano da Silva. Um inquérito civil foi aberto para apurar os supostos acessos dos computadores da Câmara de Vereadores e a má conduta comprovada. Segundo o MP, Professor Celestino, como é conhecido, confessou a prática e assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) se comprometendo a não acessar mais os sites pelos computadores do legislativo. Em nota, o presidente da Câmara declarou que, de acordo com o Regimento Interno, a conduta do vereador pode levar a abertura de uma investigação por quebra de decoro parlamentar. “A Câmara de Vereadores de Braganey tomará todas as providências pertinentes, não sendo conivente de forma alguma com as condutas imorais praticadas por qualquer um dos vereadores que compõem o corpo legislativo deste Município”, destacou. Até a última atualização desta reportagem, o G1 tentava contato com o vereador Celestino Denardin.

Publicado

O vereador Celestino Denardin (PSD), de Braganey, no oeste do Paraná, foi multado em R$ 30 mil pelo Ministério Público Estadual (MP-PR) por acessar sites com conteúdo pornográfico durante o expediente. O dinheiro será destinado aos cofres do Município.

A denúncia foi apresentada ao MP-PR pelo presidente da Câmara, Adriano da Silva.

Um inquérito civil foi aberto para apurar os supostos acessos dos computadores da Câmara de Vereadores e a má conduta comprovada.

Segundo o MP, Professor Celestino, como é conhecido, confessou a prática e assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) se comprometendo a não acessar mais os sites pelos computadores do legislativo.

Em nota, o presidente da Câmara declarou que, de acordo com o Regimento Interno, a conduta do vereador pode levar a abertura de uma investigação por quebra de decoro parlamentar.

“A Câmara de Vereadores de Braganey tomará todas as providências pertinentes, não sendo conivente de forma alguma com as condutas imorais praticadas por qualquer um dos vereadores que compõem o corpo legislativo deste Município”, destacou.

Leia mais:  PRF encontra telefones celulares escondidos em painel de carro

Até a última atualização desta reportagem, o G1 tentava contato com o vereador Celestino Denardin.

Vereador de Braganey terá que pagar multa de R$ 30 mil assistir a filmes pornôs na Câmara
Meio Dia Paraná – Cascavel

 

 

00:00/00:49

 

Comentários Facebook

Região Oeste

Traficante tenta atropelar policial, que apreende Passat cheio de truques

Publicado

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 711 quilos de maconha na madrugada desta terça-feira (2) em Santa Terezinha de Itaipu, na região oeste do Paraná. A droga era transportada em um automóvel Volkswagen Passat com placas clonadas. O carro estava equipado com alguns ‘truques’ para fugir dos policiais.

Por volta de 1h45 da madrugada, uma equipe da PRF deu ordem de parada ao motorista do carro, que transitava pela BR-277. O motorista ignorou a ordem e acelerou em direção a um dos agentes da PRF, que conseguiu evitar o atropelamento. A equipe policial fez uso da cama de faquir (dispositivo dilacerador de pneus).

Mesmo com três dos quatro pneus avariados, o traficante conseguiu rodar por cerca de cinco quilômetros, até abandonar o carro em uma estrada rural e se refugiar em uma área de mata. Ele ainda não foi localizado.

Acondicionada em 733 tabletes, a maconha estava sobre os bancos e dentro do porta-malas. Com placas clonadas, o carro havia sido roubado no último mês de abril, em Passo Fundo (RS).

Leia mais:  PM prende 'Branca de Neve' e 'Fada do Dente' por embriaguez ao volante no interior do Paraná

Além da maconha, os agentes da PRF encontraram dentro do veículo três potes de vidro com miguelitos (pequenos pedaços de ferro entrelaçado, utilizados por quadrilhas para dificultar o acompanhamento de viaturas policiais).

O carro era dotado ainda de um mecanismo manual que libera fumaça preta do escapamento, cujo objetivo é afetar a visibilidade dos policiais e facilitar uma eventual fuga.

A PRF encaminhou a ocorrência para a Delegacia da Polícia Civil em Santa Terezinha de Itaipu.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana