Norte do Paraná

01/01/2018 13:07

Prefeito Beto Preto anuncia pacote de obras com investimentos de R$ 97 milhões

Já executamos 120 km lineares de asfalto em cinco anos", destaca o prefeito Beto Preto 

Ao completar cinco anos à frente da Prefeitura de Apucarana, sendo quatro anos do primeiro mandato e um ano do segundo, o prefeito Beto Preto (PSD) conversou nesta semana com a reportagem da Tribuna do Norte. A rotina diária de trabalho, as dificuldades, as conquistas, as perspectivas para 2018 e o seu futuro político são alguns dos temas abordados pelo chefe do Executivo Municipal.

Beto Preto faz um balanço geral da gestão e, principalmente, de 2017. Ao mesmo tempo, aproveita para anunciar novos investimentos e enumerar as principais obras e serviços que tem planejado para 2018, a maioria delas fruto de conquistas políticas em parcerias com o Estado e governo federal. Ao todo, esses investimentos devem chegar a R$ 97 milhões. Ele avalia ainda uma eventual candidatura a deputado federal, mas diz que isso será decidido no tempo certo.

TRIBUNA DO NORTE - Prefeito, concluídos cinco anos de mandato o senhor tem o sentimento do dever cumprido?


BETO PRETO – Não! Acho que avançamos bastante nos últimos anos, mas Apucarana é uma obra aberta. Faltaram investimentos ao longo de muitos anos, que ainda não foi possível resgatar. Sinto que o trabalho está parcialmente cumprido. E o que falta ser feito me estimula a seguir trabalhando com as ações dos bairros para o centro, com um mandato de inclusão social, garantindo mais asfalto, educação de qualidade, saúde com melhor estrutura de atendimento, mais habitação popular, etc.

TN - Dá para apontar algumas das obras que são prioritárias e que estão por fazer?


BETO PRETO – Nesse mandato conquistamos junto ao governador Beto Richa, com anuência da CCR-Rodonorte, a abertura de uma frente de duplicação da BR-376, no sentido de Apucarana a Ponta Grossa. Agora é preciso continuarmos mobilizados para que a duplicação da “Rodovia do Café” siga avançando. Também continuamos empenhados em importantes obras estruturais tais como a duplicação do contorno sul de Apucarana, início das obras do contorno leste de Apucarana e a duplicação das entradas de Apucarana no sentido de Londrina, Maringá e Curitiba.

TN - Algumas boas práticas de gestão em Apucarana resultaram em convites para palestras pela AMP, CNM, FNP e Uvepar. Como o senhor lida com isso?


BETO PRETO – Isso é uma grata consequência do nosso trabalho, ou seja, o reconhecimento de ações que planejamos e executamos e que acabaram ganhando repercussão em âmbito estadual e até nacional. Como exemplo, cito os prêmios “Gestor Público Paraná” que recebemos com o Economia Solidária, Terra Forte (fruticultura) e Biblioteca Itinerante. Conquistamos também a “Medalha Paulo Freire” – maior prêmio no âmbito da educação básica no País -, com o Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos. Entre outras experiências, o programa de implantodontia (SUS) atraiu a atenção de todo o Paraná. Nestes eventos tenho relatado como foram desenvolvidos os programas, repassando nossas experiências exitosas.

TN - Quais são as obras que o senhor já tem planejadas e que serão entregues ou executadas a partir de 2018?


BETO PRETO – Vamos abrir mais quinhentas vagas com os novos Centros de Educação Infantil (CMEIs) do Afonso Camargo, Jardim Catuaí, Sanches dos Santos e Vila Apucaraninha, que estão sendo concluídos. Na saúde, vamos construir a sede própria da farmácia municipal, as novas UBSs do Fariz Gebrim, Solo Sagrado e Interlagos. Também estão no planejamento a reforma e ampliação de outras onze UBSs e a abertura do novo Centro de Especialidades Odontológicas (CEO). Na educação vamos investir mais R$ 10 milhões para terminar as reformas e ampliações de todas as escolas e creches, além dos quarenta e dois prédios que já receberam investimentos em melhorias. Está prevista ainda a construção das escolas do Interlagos, Fariz Gebrim e Solo Sagrado, além das creches destes dois novos residenciais. Ainda em 2018, vamos entregar o Residencial Solo Sagrado e, mais para o fim do ano, o Fariz Gebrim, ofertando mais 1.100 casas aos apucaranenses.Teremos recursos para instalar a Praça do Japão.

TN - E na área de infraestrutura urbana, o que está previsto?


BETO PRETO – Já executamos 120 km lineares de asfalto em cinco anos. E agora temos planejado para 2018 o asfalto do Jardim Santiago, recape no Trabalhista, pavimentação da segunda etapa do Recanto Mundo Novo, mais Charles Chaplin e o término das ruas do Santos Dumont. Entram neste pacote também a nova Avenida Cristiano Kusmaull e a ligação da Rua Nova Ucrânia (contorno sul) até a rua Zacarias Goes de Vasconcelos. Também sai a terceira etapa do Novo Horizonte e teremos recursos de emendas para novos trechos de asfalto no Pirapó e Caixa de São Pedro. Vamos fazer o recape do Sol Nascente, Colônia Comunitária, Vila Regina e João Goulart; e mais 30 mil metros de calçadas solidárias. Além disso, vamos dispor de recursos para recape de mais trezentas quadras, em trechos mais danificados com CBUQ, totalizando mais de 180 mil metros quadrados de asfalto. Somam-se a isso mais 100 mil metros quadrados de recuperação asfáltica com micro-pavimento. Vale ressaltar que o “Interbairros” terá continuidade com a execução de novos trechos em várias regiões, por meio deste ótimo programa que visa encurtar caminhos e aproximar pessoas.

TN - E o Parque Industrial da Juruba, sai a partir de agora.?


BETO PRETO - Nesta área de geração de empregos e industrialização vamos autorizar ainda neste mês de janeiro o início das reformas e adequações do barracão – na Barra Funda -, que abrigará o “Polo das Facções”. Também vamos iniciar neste primeiro trimestre as obras de urbanização, com pavimentação, galerias e iluminação, para a liberação da primeira etapa, com trinta e dois lotes, do novo Parque Industrial da Juruba, na saída para Curitiba.

TN - Mais alguma obra que deve ser iniciada ou entregue neste novo ano?


BETO PRETO – Temos mais obras que devem ser entregues e entre elas destaco o novo complexo esportivo na Rua Denhei Kanashiro, ao lado da Apae; o Centro de Iniciação Esportiva (CIE), no Japira; e duas mini-arenas multiuso de grama sintética. Também vamos reformar o prédio do terminal de transporte coletivo urbano, e da rodoviária. Importante destacar as obras de reforço no sistema de abastecimento de água, com investimentos de R$ 23 milhões do Governo do Estado (Sanepar). E mais R$ 30 milhões em mais três empreendimentos (324 apartamentos) do Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal. Estamos comprando ou recebendo mais R$ 2,7 milhões em veículos novos.

TN - Com todo este saldo positivo da sua gestão, além de forte atuação no campo do municipalismo, o senhor se credencia a disputar uma vaga na Câmara Federal?


BETO PRETO – No tempo correto iremos decidir a esse respeito, mas posso assegurar que meu grupo político terá candidatos nesta eleição. Obtive a maior votação da história política de Apucarana e não posso decepcionar 91% dos eleitores que me reelegeram. Creio que Deus está nesse processo para nos indicar o caminho a seguir. Até aqui Deus tem nos ajudado todos os dias. Conduzimos uma gestão republicana, contando com a ajuda e recursos de diversas correntes políticas. Mas Apucarana está há muito tempo sem representação na Assembleia Legislativa e na Câmara Federal. Vamos ouvir a comunidade e refletir sobre tudo isso, para decidir essa questão no tempo certo.

FONTE -TRIBUNA DO NORTE - DIÁRIO DO PARANÁ


Fale com a gente

Londrina.. Rua paranagua. 876 centro de londrina PR
Fone 043 98435 0286 / 043 98416 9659

Rua Duque de Caxias, 145
São Francisco Curitiba- PR
Fone: 041 3152 0071

Coluna Social

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo