Noroeste do Paraná

10/01/2018 17:15

Presos quebram cadeado de galeria e tentam pular muro da Delegacia de Cianorte

Presos quebraram o cadeado de uma das galerias da Delegacia da Polícia Civil de Cianorte, no noroeste do Paraná, e tentaram fugir, no começo da tarde desta quarta-feira (10), segundo a Polícia Civil.
Os agentes perceberam a movimentação no pátio principal e impediram a fuga quando quatro detentos tentavam pular o muro da unidade.
Segundo a polícia, os presos aproveitaram a reforma que está sendo realizada na delegacia, devido a um túnel que tinha sido aberto na semana passada – numa outra tentativa de fuga frustrada. Por causa das chuvas dos últimos dias, a reforma ainda não estava concluída.
Em nota, a Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (Sesp-PR), a direção da Polícia Civil e o Departamento de Execução Penal (Depen), informaram que estão cientes do problema de superlotação nas carceragens de delegacias

O texto também informa que fugas em massa não ocorrem há mais de um ano na 21ª Subdivisão Policial (SDP) de Cianorte.
Nesta quarta, a carceragem da unidade abriga 200 presos, em um espaço projetado para receber 48 pessoas, ainda conforme a nota.
Veja a nota completa da Sesp, da Polícia Civil e do Depen:
A Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná, assim como a direção da Polícia Civil e do Departamento de Execução Penal (Depen), estão cientes do problema de superlotação nas carceragens das delegacias do Estado. Importante salientar que já houve avanços: no início de 2011 a Polícia Civil gerenciava em torno de 14 mil presos e hoje o número é de aproximadamente 9,5 mil.
A cúpula da segurança pública tem trabalhado para reduzir o número de presos em delegacias. Semanalmente, o Comitê de Transferência de Presos (Cotransp), que conta com representantes do Poder Judiciário e do Ministério Público, autoriza a transferência de presos de delegacias para o sistema prisional. No entanto, as vagas só são abertas com a saída de presos e, para isso, é preciso autorização do Poder Judiciário.

 solução para o caso de superlotação são as 14 obras de construção e ampliação de unidades prisionais do Estado. Serão abertas cerca de 7 mil novas vagas com essas novas unidades prisionais.
Além disso, é uma alternativa a adoção das tornozeleiras eletrônicas para aqueles presos que cometeram crimes de menor potencial ofensivo e que passam a ser monitorados a partir do Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) da Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária. O número de presos monitorados subiu de 500 no início de 2015 para aproximadamente 6 mil este ano, uma eficiente política de desencarceramento.
Importante salientar que não ocorrem fugas em massa há mais de um ano na 21ª SDP de Cianorte. Hoje a carceragem está com 200 presos. A capacidade do local é para 48 presos.

FONTE G1 PR


Fale com a gente

Londrina.. Rua paranagua. 876 centro de londrina PR
Fone 043 98435 0286 / 043 98416 9659

Rua Duque de Caxias, 145
São Francisco Curitiba- PR
Fone: 041 3152 0071

Coluna Social

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo