conecte-se conosco

OESTE E SUDOESTE

Homens invadem cadeia de Medianeira pelo telhado, cortam cadeados, e soltam 34 presos, diz diretor

Publicado

Trinta e quatro presos fugiram da cadeia pública de Medianeira, no oeste do Paraná, por volta das 3h deste domingo (5).

Segundo o diretor da cadeia, que preferiu não se identificar, pelo menos dois homens de fora pularam o muro, entraram pelo telhado, cortaram os cadeados, e liberaram os presos de duas alas.

Um agente penitenciário estava no local e pediu reforço, ainda conforme o diretor, mas não conseguiu conter a fuga a tempo.

Trinta e um homens e três mulheres escaparam. Até o início da manhã, um deles tinha sido recapturado.

A cadeia pública tem capacidade para 55 presos e estava superlotada com 111 pessoas, segundo o funcionário.

O Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) confirmou a fuga e disse que agentes do Setor de Operações Especiais (SOE) foram acionados e que policiais militares fazem buscas na região.

Comentários Facebook
Leia mais:  Jovem fica ferida após carro sair de pista, cair em barranco e bater em árvore, na BR-376

OESTE E SUDOESTE

Após decreto estadual, prefeitos de Cascavel e Toledo dizem que recorrerão da determinação

Publicado

Os prefeitos de Cascavel e Toledo, no oeste do Paraná, informaram que irão recorrer sobre as determinações dodecreto estadual que suspende, a partir desta quarta-feira (1º), as atividades não essenciais nas duas cidades.

De acordo com o prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos (PSC), o município está cumprindo o decreto, mas informou que a procuradoria-geral apresentará um parecer ao governo estadual na quinta-feira (2), pedindo que a cidade fique fora do decreto.

“Vamos cumprir, mas vamos, ainda nesta semana, recorrer junto à secretaria de estado, com todos os números que temos, mostrando que Cascavel tem feito o seu papel.”

Lojistas de Toledo abriram o comércio nesta quarta-feira após ficarem 10 dias fechados. Na terça, a prefeitura anunciou a reabertura dos estabelecimentos comerciais, inclusive, das academias, com horário reduzido.

Entretanto, cerca de quatro horas depois do anúncio do decreto municipal, que retomava essas atividades, o decreto do governo do Paraná determinou o fechamento novamente.

Leia mais:  Homem e criança de 6 anos morrem após carros baterem de frente na PR-182, em Maripá

Conforme o prefeito de Toledo, Lúcio de Marchi (PP), o município não fechará o comércio e, até o final desta quarta-feira, irá recorrer da decisão do estado.

“Nós fizemos o dever de casa de fechar. Foi um prejuízo muito grande para o comércio e eu não posso deixar o comércio fechado mais 15 ou 20 dias. Até porque o comerciante sabe dos protocolos de segurança e tenho certeza de que vai cuidar muito bem para que não haja qualquer problemas.”

Atividades não essenciais não funcionaram nesta quarta-feira (1º), em Cascavel — Foto: Prefeitura de Cascavel / Divulgação

Atividades não essenciais não funcionaram nesta quarta-feira (1º), em Cascavel — Foto: Prefeitura de Cascavel / Divulgação

Cascavel

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, nesta quarta-feira, Cascavel registrou 3.146 casos do novo coronavírus e 52 mortes pela Covid-19. A cidade é a 2ª do Paraná com o maior número de casos.

O secretário de saúde de Cascavel, Thiago Daross Stefanello, disse que é a favor do período de quarentena previsto no decreto estadual.

“Nós compartilhamos da necessidade, da ideia do equilíbrio que deve haver entre saúde e economia, mas nesse momento temos um decreto do governo do estado em vigor e, até que isso seja revogado ou até que uma nova norma seja implementada, nós devemos obedecer e cumprir esse decreto”, explicou.

Leia mais:  Polícia apreende 30 kg e 12 litros de agrotóxicos escondidos em motor de carro na BR-277

Pesquisadores da Universidade do Oeste do Paraná (Unioeste), que estudam o avanço da doença na região e calculam a projeção de dados para os próximos meses, explicam que a situação de Cascavel é ruim devido ao baixo índice de isolamento social.

“Nós temos o comportamento da população como se não houvesse a pandemia”, disse o pesquisador Aparecido Nivaldo Módenes.

Toledo

Conforme a Secretaria de Saúde de Toledo, até terça-feira, foram confirmados 1.280 casos do novo cornavírus no município e 16 mortes pela Covid-19.

Alguns comerciantes relataram nesta quarta como um período de incertezas sobre o comércio.

“Pelo menos hoje a gente abriu. Amanhã a gente não sabe”, disse a comerciante Bruna Ribeiro.

Comércio de Toledo funcionou nesta quarta-feira, mesmo após decreto estadual  — Foto: Gisele Pimenta/FramePhoto/Estadão Conteúdo

Comércio de Toledo funcionou nesta quarta-feira, mesmo após o decreto estadual

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana