conecte-se conosco

Região Metropolitana

Curitiba e região vivem onda de assaltos a banco; foram três em dois dias

Publicado

Bem Paraná

Duas agências bancárias de Curitiba e outra localizada em Quatro Barras, na região metropolitana, foram alvo de ações criminosas nos últimos dois dias. Dois dos episódios teriam ocorrido durante o final de semana, mas só foram descobertos nesta segunda-feira (8), quando os funcionários dos bancos chegaram às agências para trabalhar. Já o terceiro episódio, ocorrido na madrugada de segunda-feira na RMC, teve explosão e troca de tiros entre bandidos e policiais.

O primeiro caso foi registrado numa agência do banco Bradesco, no bairro Bacacheri. Segundo as polícias Civil e Militar, os criminosos teriam entrado no local no sábado, após romperem sutilmente um portão do estabelecimento, em seguida abriram uma janela e tiveram acesso a uma parede que leva ao cofre e que foi destruída comn uma furadeira.

Ainda durante o final de semana, uma outra agência do Bradesco, localizada no Uberaba, também foi invadida, numa ação muito parecida com aquela do Bacacheri. Os criminosos teriam entrado pelo fundo da agência, localizada em um local ermo, e fizeram um buraco no solo da garagem para acessar diretamente o cofre do banco.

Leia mais:  Recadastramento de taxistas na Grande Curitiba deve ser feito até o início de agosto

O que chama a atenção dos investigadores neste caso é que os suspeitos não precisaram usar explosivo ou qualquer outro material do tipo, tendo apenas de perfurar o piso para acessar o cofre, o que demonstra que eles já tinham conhecimento sobre onde estava o cofre.

Já em Quatro Barras, o cenário foi de terror. Por volta das 3h20, uma agência do Banco do Brasil foi invadida e logo começou uma “chuva” de tiros, seguida por explosões. Pelo menos 15 pessoas participaram da ação, que durou cerca de 30 minutos, segundo relato de testemunhas.

Moradores então acionaram a Polícia Militar, que ao chegar na agência, localizada no Centro da cidade, se deparou com os bandidos em ação. Houve troca de tiros, mas ninguém ficou ferido e os bandidos em seguida fugiram pela BR-116. Um dos suspeitos desse assalto foi preso em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana.

Comentários Facebook

Região Metropolitana

Após perseguição, carro com alerta de roubo bate em árvore e pega fogo em São José dos Pinhais

Publicado

G1 PR

Uma perseguição a um carro com alerta de roubo em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, terminou com três pessoas feridas na noite de sexta-feira (19).

A equipe da Guarda Municipal realizava um patrulhamento no Parque da Fonte e viu um carro que foi roubado. O motorista do carro fugiu depois de receber ordens para parar.

Os guardas perseguiram o veículo por algumas quadras, até que o motorista com o carro roubado entrou na contramão, bateu em outro automóvel e em uma árvore. Na sequência, pegou fogo.

Três pessoas que estavam no carro roubado, dois homens e uma adolescente, ficaram presos às ferragens, mas foram retirados pelos guardas municipais. Eles foram levados a hospitais em estado grave.

“Um deles, o que estava mais lúcido, disse que os três praticaram o roubo. O resgate demorou um pouco porque o veículo ficou travado. Quando a gente conseguiu abrir uma das portas, tive dificuldade para retirar a menina, ela estava presa entre os bancos. Os três estavam sem cinto de segurança”, explicou o guarda municipal, Ricardo Kuch.

Leia mais:  Homem é morto a marteladas na Grande Curitiba e filho vai preso como suspeito do crime
Após perseguição, carro bateu em uma árvore e pegou fogo — Foto: Guarda Municipal de São José dos Pinhais/Divulgação

Comentários Facebook
Continue lendo

Mais Lidas da Semana