conecte-se conosco

Região Metropolitana

Coronavírus circula por 79% das cidades da Região Metropolitana de Curitiba

Publicado

O novo coronavírus já circula por quase todos os municípios da Região Metropolitana de Curitiba (RMC). Um levantamento feito pelo Bem Paraná com base nos dados divulgados diariamente pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) mostra que 23 dos 29 municípios que compõem a RMC, o equivalente a 79,3% do total, já confirmaram casos de Covid-19, com a doença apresentando incidência de 23,47 casos para cada grupo de 100 mil habitantes.

O boletim mais recente da Sesa, divulgado na tarde de ontem, mostra que os municípios da RMC já registraram 858 casos de Covid-19, com a confirmação de 44 óbitos em seis cidades diferentes, o que significa que 20,7% dos municípios já tiveram alguma morte em decorrência do vírus.

Em números absolutos, Curitiba é a cidade mais afetada, com 582 pacientes contaminados e 31 mortes. A capital paranaense, vale lembrar, concentra quase 53% dos 3,66 milhões de habitantes da Grande Curitiba.

Se considerada a taxa de incidência por 100 mil habitantes, entretanto, a capital paranaense fica em quarto lugar, com 30,11, atrás dos municípios de Agudos do Sul (85,37), Quitandinha (42) e Balsa Nova (38,64). Os dois primeiros municípios já confirmaram oito casos da nova doença cada um, enquanto o último tem cinco registros. A taxa de incidência, portanto, fica elevada pelo fato dessas cidades apresentarem uma população muito pequena – 9.371, 19.049 e 12.941, respectivamente.

Leia mais:  Prefeitura e MRV inauguram primeira escola municipal do Distrito da Warta, em Londrina

Os municípios que ainda não confirmaram casos de Covid-19, por sua vez, são seis: Tunas do Paraná, Piên, Doutor Ulysses, Cerro Azul, Bocaiúva do Sul e Adrianópolis. Juntas, essas cidades somam uma população de 63.737 pessoas, o equivalente a apenas 1,74% de toda a população que vive na RMC.

Vírus está em todos os 75 bairros da Capital

Na última quarta-feira, a Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba informou que todos os 75 bairros da capital paranaense já registraram casos de moradores infectados pela Covid-19. Se considerados os dados por regionais, Matriz e Santa Felicidade apresentam a maior taxa de incidência de moradores com casos confirmados.

Secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak disse, em live transmitida na página oficial da Prefeitura no Facebook, que o vírus chegou na cidade pela região central e foi se espalhando por todo o município.

“Isso quer dizer que já estamos com o vírus espalhado por todos os cantos e que ele é democrático, não escolhe idade, classe social, muito menos bairro”, alerta a especialista. “Do ponto de vista dos cuidados, as recomendações são as mesmas para todos, e muito especialmente para os grupos de risco. É isolamento social, uso de máscaras, higiene e nada de aglomeração” .

Leia mais:  Pai de santo é morto a tiros em garagem de terreiro, em São José dos Pinhais

A regional Matriz é a que apresenta maior número de casos (189) e também a maior taxa de incidência (105,6 registros para cada grupo de 100 mil habitantes) da doença. Na sequência aparece Santa Felicidade, com 100 casos e taxa de 64,3. Na outra ponta, a regional do Tatuquara é a menos impactada até aqui – 9 casos e taxa de 10,5.

Comentários Facebook

Região Metropolitana

Ônibus do transporte coletivo pega fogo na Rodovia dos Minérios

Publicado

Um ônibus do transporte coletivo pegou fogo na manhã desta terça-feira (19), na Rodovia dos Minérios, em Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba. Por sorte, todos os passageiros já estavam fora do veículo quando as chamas iniciaram.

O ônibus articulado fazia a linha Itaperuçu/Curitiba quando um pneu traseiro estourou, por volta das 6h. Imediatamente, o motorista desceu do veículo para ver o que havia acontecido.

Em seguida, os passageiros -aproximadamente 100 pessoas- também desceram para aguardar o próximo ônibus da mesma linha para continuar o trajeto. Segundo depois, o incêndio foi iniciado na parte traseira do veículo, no mesmo lugar que o pneu estourou.

 

O Corpo de Bombeiros chegou rápido e controlou as chamas, porém, o ônibus do transporte coletivo ficou completamente destruído. O trânsito apresentou lentidão na Rodovia dos Minérios.

Comentários Facebook
Leia mais:  Obras de R$ 15,1 milhões melhoram vias estratégicas de Colombo
Continue lendo

Mais Lidas da Semana